2/12/20
 
 
Emergência mundial. Fabricantes de automóveis passam a produzir ventiladores

Emergência mundial. Fabricantes de automóveis passam a produzir ventiladores

DR Daniela Soares Ferreira 06/04/2020 11:32

O mundo nunca mais será o mesmo e todas as ajudas para combater o inimigo invisível são necessárias. A nível mundial, inúmeras empresas tiveram de parar produções. Resultado? Arregaçar as mangas e usar os materiais disponíveis para produzir equipamentos essenciais aos hospitais.

Em tempos de crise, toda a ajuda é pouca e, um pouco por todo o mundo, a onda solidária tem ganho grandes contornos na ajuda ao combate ao novo coronavírus. E nem as grandes empresas mundiais ficam indiferentes à pandemia que está a afetar o mundo inteiro.

O caso mais recente pertence à Tesla, que adquiriu 1255 ventiladores na China para distribuir preferencialmente por hospitais norte-americanos. Nos EUA, os últimos dados revelam que o número de infetados já superou os 310 mil e as mortes já são mais de 8500. Todas as ajudas são necessárias, todos os segundos contam.

O estado de emergência é mundial e as ajudas são precisas em todo o lado. Por isso, a iniciativa da empresa liderada por Elon Musk vai mais longe e pode disponibilizar equipamentos essenciais para unidades hospitalares de todo o mundo. Tanto os equipamentos como os custos de expedição serão gratuitos.

Também nos Estados Unidos, a Ford meteu mãos à obra e anunciou que vai produzir um total de 50 mil ventiladores num prazo de 100 dias.

 

Leia o artigo na íntegra na edição impressa do i

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×