5/6/20
 
 

Amin Maalouf: “Estamos a viver um dos acontecimentos mais extraordinários de todos os tempos”

05/04/2020 23:00

A partir do seu apartamento em Paris, donde não sai desde o dia 12 de março, o escritor franco-libanês, autor de obras fundamentais como As Cruzadas Vistas pelos Árabes ou Samarcanda, conta ao i como está a viver "este pesadelo".

Numa entrevista que tem como ponto de partida o seu novo livro, O Naufrágio das Civilizações, Amin Maalouf explica por que considera a pandemia atual "um dos acontecimentos mais extraordinários de todos os tempos” e "certamente o mais importante desde que vi a luz do dia neste mundo". No seu entender, "o que está a acontecer é aterrador, mas também é fascinante”.

Tratando-se o seu novo livro de um longo ensaio de história contemporânea, nesta entrevista o autor aborda temas como a "maldição" do petróleo ou qual deve ser o papel da Europa no mundo de hoje - "a Europa unida parece-me a única potência capaz de contribuir com uma dose de sabedoria e de serenidade nas negociações mundiais". E recorda o que viu no Irão na sua visita àquele país para assistir à chegada do aiatola Khomeini, quando triunfou a revolução islâmica.

Maalouf termina em tom pessimista: “Se continuamos neste caminho, a democracia não sobreviverá muito tempo, ou acabará por transformar-se num mero simulacro”

Leia a entrevista completa na edição em papel do i desta segunda-feira.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×