29/11/20
 
 
Fiscalização. Agentes devem evitar pegar em documentos

Fiscalização. Agentes devem evitar pegar em documentos

José Sérgio Jornal i 04/04/2020 18:05

Ao SOL, o intendente Nuno Carocha, porta-voz da PSP, esclareceu que as orientações transmitidas aos agentes é que devem evitar o manuseamento de documentação.

Os controlos policiais vão ser reforçados nas próximas dias com o apertar das restrições  à circulação e além da identificação passam agora a ser solicitados comprovativos de residência ou das empresas que atestem os motivos da deslocação. Ao SOL, o intendente Nuno Carocha, porta-voz da PSP, esclareceu que as orientações transmitidas aos agentes é que devem evitar o manuseamento de documentação e solicitar que seja a população a mostrar os documentos através do vidro do carro. «A orientação que temos transmitido aos agentes é que se não houver necessidade, não devem entrar em contacto físico. Se houver dúvidas ou se a pessoa não conseguir manter o documento estável por algum motivo é que existe orientação para o contacto físico», explica. É que o facto de o agente usar luvar não o impede de ser contagiado se não as souber retirar devidamente. E, por outro lado, o manuseamento de documentos pode  servir de meio de transmissão ou contágio entre diferentes automobilistas.

O Ministério da Administração Interna autorizou também esta semana a PSP a usar 20  câmaras portáteis de videovigilância, das quais 18 serão usadas em drones. Serão usadas em locais com maior concentração de pessoas, como acessos a terminais rodoviários e ferroviários, locais de prática desportiva, parques e jardins públicos, bem como cercas ou cordões sanitários.

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×