7/6/20
 
 
Sambódromo do Rio de Janeiro convertido em abrigo

Sambódromo do Rio de Janeiro convertido em abrigo

Miguel Schincariol/AFP Jornal i 30/03/2020 22:11

O palco dos desfiles de Carnaval do Rio de Janeiro servirá de abrigo para 400 sem-abrigo.

A Passarela Professor Darcy Ribeiro, mais conhecida como Sambódromo, palco dos famosos desfiles de Carnaval do Rio de Janeiro, servirá de abrigo para um dos grupos mais vulneráveis ao novo coronavírus: os sem-abrigo.

A partir desta segunda-feira, o espaço acolherá 400 pessoas que, por viverem nas ruas, não têm acesso às condições de higiene e alimentares exigidas para fazer face à pandemia.

A estrutura projetada por Oscar Niemeyer em e erguida no tempo recorde de 120 dias em 1984 tem capacidade para uma assistência de 72.500 pessoas. Além dos tradicionais desfiles de Carnaval, tem também sido utilizada para receber concertos de bandas como os Rolling Stones ou Black Sabbath.

Durante o fim de semana, antes da montagem de camas sob as bancadas, as instalações estiveram a ser esterilizadas e à entrada foram montados lavatórios de mãos. As alterações garantirão ainda aos sem-abrigo as condições necessárias para tomarem banho.
No local, estará uma equipa técnica multidisciplinar a acompanhar as 400 pessoas abrigadas no sambódromo, pelas quais será distribuído um kit de higiene pessoal que inclui uma escova e pasta de dentes e sabonete, segundo detalhou a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos da prefeitura, Jucélia Oliveira Freitas.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×