23/9/20
 
 
Avião com material médico vindo da China trouxe apenas 24 das 35 toneladas previstas

Avião com material médico vindo da China trouxe apenas 24 das 35 toneladas previstas

Twitter HiFly Jornal i 27/03/2020 23:06

Faltam reagentes para testes à covid-19 e ventiladores.

O avião da Hi Fly que aterrou, esta sexta-feira, em Lisboa, proveniente da China, com material médico e de proteção trouxe apenas 24 das 35 toneladas previstas, faltando os reagentes para testes à covid-19 e os ventiladores, avança a agência Lusa, que cita fonte da transportada.

Segundo a agência noticiosa, o carregamento de reagentes para os testes e ventiladores ainda não estava pronto para ser enviado e, por isso, a aeronave voltou apenas com 24 das 35 toneladas previstas.

De acordo com a mesma fonte, está agendada uma segunda viagem na próxima quinta-feira, 02 de abril, para ir buscar o material em falta.

Recorde-se que o avião da Hi Fly, que tinha partido quinta-feira, chegou esta sexta-feira a Lisboa, por volta das 20h10. O Airbus A340 deveria trazer 35 toneladas de luvas, máscaras, fatos de proteção, reagentes para testes à covid-19 e ventiladores.

O voo foi fretado pela Mirpuri Foundation - fundação ligada à família proprietária da companhia - e conta ainda com o apoio de diversas entidades públicas e privadas. 

Sublinhe-se que a a Hi Fly prescindiu da sua margem de comercialização e a Mirpuri Foundation fez ainda um donativo adicional de 100.000 euros para viabilizar esta operação.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×