6/4/20
 
 
Regresso dos militares portugueses no Iraque foi antecipado pelo Governo

Regresso dos militares portugueses no Iraque foi antecipado pelo Governo

Jornal i 26/03/2020 14:11

A missão acabava em abril.

O Ministério da Defesa vai antecipar o regresso de 33 militares a Portugal, após a decisão das autoridades iraquianas de suspensão de atividades de formação de militares, na sequência da pandemia da Covid-19. A missão acabava em abril.

“Devido à pandemia da Covid-19, 33 militares portugueses que estão no Iraque e terminavam a sua missão em abril, vão regressar antecipadamente a Portugal, com chegada prevista para o final deste mês”, lê-se no comunicado do ministério.

O Governo explica que tomou esta decisão, pois não há condições para assegurar integralmente a saúde das forças no terreno. “As autoridades iraquianas decidiram suspender todas atividades de formação e treino das suas Forças Armadas e de Segurança até à segunda quinzena de maio. Por essa razão, foi decidido fazer regressar os 31 militares estacionados no Besmayah Range Complex, a 50 quilómetros de Bagdade e os 2 militares colocados no corpo diplomático da missão”.

No comunicado, o ministério informa ainda que “vão permanecer neste teatro de operações dois militares portugueses que desempenham funções no Kuwait”.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×