2/4/20
 
 
Quarentena. Como entreter as crianças (quase) sem sair de casa

Quarentena. Como entreter as crianças (quase) sem sair de casa

Dreamstime José Cabrita Saraiva* 24/03/2020 20:06

Tem tempo livre, crianças em casa e não sabe o que fazer com um e outras durante a quarentena? Aqui ficam 20 sugestões de atividades para combater o tédio, afastar o medo e manter os níveis de sanidade mental.

Todos nos queixamos amargamente de que o tempo passa a voar, das horas em que corremos entre a casa e o trabalho e do pouco que resta para estarmos com os nossos pensamentos, para organizarmos uma série de coisas em casa e, sobretudo, para estarmos em família. Mas este vírus inesperado que nos forçou ao isolamento pode ser uma oportunidade única para nos dedicarmos àquilo que em circunstâncias normais não conseguimos fazer.

Quem não está a trabalhar a partir de casa terá um excedente precioso para usar como mais gostar. Ver um bom filme ou uma boa série, ouvir boa música ou ler um bom livro são alguns exemplos de passatempos enriquecedores. Porque não encarar a obrigatoriedade de ficar em casa como um bónus e aproveitar para ler um clássico como Os Lusíadas, a Divina Comédia, o D. Quixote, Guerra e Paz, Moby Dick ou até, para os mais ambiciosos, as obras completas de Shakespeare? Se preferir uma atividade mais prática, também pode aproveitar para organizar aquela gaveta de papéis que está desarrumada há anos ou fazer aquele pequeno conserto para o qual lhe tem faltado o tempo e a paciência.

E com as crianças? Caso faltem as ideias, deixamos aqui 20 sugestões para afastar a ansiedade, o medo e o tédio. Para que a quarentena seja uma época de divertimento, cumplicidade e proximidade com aqueles que mais amamos. E quase nem vai ser preciso ligar a televisão.

1 - Elaborar com os mais pequenos uma lista de refeições, atividades e tarefas

Se eles sentirem que têm uma palavra a dizer na vida da casa, terão tendência a colaborar mais. E dar-lhes pequenas responsabilidades é uma forma de os envolver e ajudar a crescer.

2 - Reunir uma assembleia no início e final do dia para decidir o que fazer, o que correu melhor, o que correu pior e o que podemos melhorar

Um espaço de reflexão em conjunto ajuda a perceber o que funciona e o que não funciona lá em casa. E pode fazer com que o dia seguinte corra melhor.

3- Colocar uma semente, caroço ou feijão num algodão, regá-lo diariamente e vê-lo crescer. Mais tarde, passar para a terra

Nunca é cedo demais para, de forma simples, iniciar as crianças nas maravilhas e mistérios da natureza.

4- Fazer uma festa de aniversário para as bonecas com direito a música, bolo e presentes

Já que a família não tem vida social, recriar uma festa em ambiente doméstico pode constituir uma boa alternativa. Mesmo que seja com bonecos.

5 - Realizar provas de atividade física como ligar o cronómetro e dar várias voltas à casa, fazer provas de sprint, salto em comprimento, ginástica, saltar à corda e, para os mais “fortalhaços”, flexões e abdominais

Durante o confinamento, a atividade física também fica seriamente comprometida. Por isso há que arranjar maneira de manter a forma e de gastar a energia dos mais pequenos.

6- Envolver as crianças nas tarefas domésticas como ir pôr o lixo, pôr a mesa, ajudar na confeção das refeições, separar a roupa, juntar as meias, lavar a loiça ou aspirar o chão. Se não ficar perfeito, não há problema

É uma forma de as manter entretidas e de ajudar a controlar o caos. Só requer alguma orientação… e, por vezes, alguma paciência.

7- Desenhar e recortar bonecos para depois pendurar no teto do quarto. Se tiver papel autocolante transparente para os forrar, ainda melhor

Todas as crianças gostam de desenhar e se, graças ao seu talento, o quarto ficar mais bonito, é ouro sobre azul.

8 - Trabalhar num projeto proposto pelos mais novos

Uma forma de os encorajar a ter ideias e de encontrarem soluções para as concretizar.

9 - Fazer um presente para a mãe ou o pai

O Dia do Pai já passou, mas os mais pequenos não precisam de pretexto para mimar os progenitores. Com os movimentos reduzidos ao mínimo e muito comércio encerrado, nada como um presente feito em casa.

10- Ver fotografias e filmes de família e elaborar um álbum digital

As crianças têm muita curiosidade relativamente à sua história e à da família. Um slideshow comentado pelos pais ou a elaboração de um álbum são ótimas formas de partilhar essa história.

11 - Fazer pipocas e ver um filme

É tal e qual como numa sala de cinema. Mas a sessão começa à hora que quisermos. Uma receita clássica. Os documentários sobre vida selvagem também podem ser uma opção didática.

12 - Fazer pinturas faciais

Qual é a criança que não gosta de ver o seu rosto transformado numa máscara de super-herói ou no feitio de um simpático animal? Além de fazerem as crianças felizes, as pinturas puxam pela imaginação e pelo talento dos pais.

13 - Fazer um concurso de dança

As crianças são espontâneas e têm movimentos para ensinar aos mais velhos. Cada um escolhe a música de que mais gosta e o estilo mais adequado. A pista de dança pode ser um tapete ou qualquer espaço sem obstáculos. Para não haver acidentes…

14 - Fazer um herbário com folhinhas que se apanham num passeio à rua, a uma mata isolada ou no jardim

Se for possível identificar as plantas ou árvores a que pertencem, ainda melhor.

15 - Escrever cartas e fazer desenhos que se fotografam e enviam digitalmente aos familiares e amigos

Uma forma simples de nos mantermos em contacto com aqueles de quem mais gostamos, sem risco de contágio.

16- Para quem tiver oportunidade: lavar e aspirar o carro. Vão ficar todos molhados, mas está bom tempo e será diversão certa

É uma forma de juntar o útil ao agradável. As crianças podem ser mais empenhadas em certas tarefas do que muitas vezes os pais estão à espera.

17 - Jogar jogos de tabuleiro e outros que há lá para casa e nunca conseguimos abrir

Ler as instruções e jogar um jogo do princípio ao fim é algo que requer tempo e disponibilidade. Mas, por estes dias, isso é coisa que não falta.

18 - Jogar à mímica

Aqui, as palavras ficam de fora. Só é preciso adequar a dificuldade de cada desafio à idade das crianças. Em vez de gestos, também pode jogar-se com desenhos.

19 - Fazer experiências

Com as aulas suspensas, é uma forma divertida de adquirir ou refrescar os conhecimentos em física e química. Há kits próprios e vídeos no YouTube. Mas cuidado para ninguém se magoar e não se estragar o que não se deve.

20 - Um longo e relaxante banho no final do dia

Em tempos como este é essencial manter a higiene e não cair no desleixo. A hora do banho não tem de ser aborrecida. Algo tão simples como uma banheira com água quente e bolhas de sabão pode ser uma fonte de prazer e diversão para todos. Um de cada vez.

Consoante a idade, as crianças poderão precisar também de ter um tempo maior ou menor dedicado ao estudo. A escola virtual neste período é gratuita e pode dar uma ajuda preciosa.

*Com a psicóloga clínica

Filipa Chasqueira

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×