22/10/20
 
 
Novela da SIC contratou carros que corriam nas estradas nacionais

Novela da SIC contratou carros que corriam nas estradas nacionais

Dreamstime Carlos Diogo Santos 28/02/2020 15:32

Informações foram reveladas nos fóruns fechados a que o i teve acesso.

O cenário é de filme e, no caso português, de uma telenovela das nove da noite. Em Portugal houve uma produtora a pedir estes carros alterados para participarem em produções televisivas. 

O caso remonta a 2009, e não eram duplos: vários automóveis que corriam até há bem pouco tempo ilegalmente nas autoestradas nacionais foram solicitados pela produção da telenovela da SIC Perfeito Coração, para simular cenas de street racing.

O guião simulou o ambiente e as relações entre os vencedores e os perdedores durante uma corrida, bem como o comportamento dos espetadores - nalguns casos, festejando vitórias como se de um jogo de futebol se tratasse. 

A importância dada à comunidade não passou despercebida, tendo sido muitas as conversas nos fóruns que à época estavam na moda entre os street racers portugueses. E foram muitos os que criticaram a forma como a realidade foi adulterada. Queixaram-se sobretudo de que as velocidades não eram as mesmas e asseguravam que as cenas mais parecem ser inspiradas em corridas de rua dos Estados Unidos da América do que no street racing que existe nas estradas portuguesas. 

Nas conversas do fórum PSA Maniacs, onde o i entrou em 2014, os supostos donos dos carros escolhidos fizeram questão de mostrar o seu orgulho, à comunidade de quase cinco mil utilizadores, por terem contribuído para a produção da telenovela.

Este era um dos sítios da internet onde se combinavam picos e se divulgavam novidades, operações policiais e modificações em carros. E foi lá que, além das críticas à telenovela, se esmiuçaram todas as cenas em que a atriz Luciana Abreu surgiu dentro dos carros alterados.

No fórum era ainda explicado que as matrículas usadas nas cenas da telenovela, ao contrário dos carros, não eram reais - a produção terá optado por substituí-las por outras para não identificar os proprietários. Mais do que lá fora, onde os carros utilizados nas gravações são maioritariamente exclusivos para os filmes, em Portugal, a ficção cruzou-se literalmente com a realidade. 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×