26/1/21
 
 
Arguido confessa ter agredido Acuña com “uma chapada”

Arguido confessa ter agredido Acuña com “uma chapada”

Jornal i 28/02/2020 13:16

Ricardo Neves, um dos 44 arguidos do caso da invasão à academia do Sporting, falou durante a 35ª sessão de julgamento no tribunal de Monsanto.

Ricardo Neves, um dos 44 arguidos do caso da invasão à academia de Alcochete, prestou esta sexta-feira declarações no tribunal de Monsanto, em Lisboa, e confessou na 35ª sessão do julgamento ter dado uma chapada ao argentino Marcos Acuña, jogador do Sporting.

“No balneário passei pelos jogadores um a um até que chego ao Acuña. Lembrei-me de toda a situação que tinha visto na Madeira e agredi-o com uma chapada”, confessou o futebolista, que adiantou que Acuña não reagiu ao sucedido e “até se sentou”. “Parece que ficou estupefacto”, relatou.

Além disso, o arguido confessou ter lançado uma tocha em direção ao carro de Nelson Pereira, antigo guarda-redes leonino.                                                                                                                                    

“Lancei uma tocha para o chão e não percebi onde foi parar”, disse, só se apercebendo depois, segundo ele, que tinha ido para debaixo da viatura de Nelson Pereira. Ricardo Neves explicou ainda que foi à academia apenas para parar o treino e não com o objetivo de “bater nos jogadores”.

O processo, recorde-se, tem arguidos acusados de 97 crimes, classificados como terrorismo.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×