13/8/20
 
 
Agente da PSP cercado, insultado e intimidado por motards

Agente da PSP cercado, insultado e intimidado por motards

Jornal i 26/02/2020 21:22

Polícia estava sozinho quando o grupo avançou na sua direção.  

Na terça-feira, dia do funeral de uma das três vítimas do acidente da Segunda Circular - que aconteceu na madrugada de sexta-feira -, um agente da Polícia de Segurança Pública (PSP) foi cercado e insultado por mais de uma dezena de motards, amigos da vítima. 

O momento foi registado em vídeo e publicado ontem nas redes sociais. Nas imagens vê-se o agente, que estava sozinho, a correr para junto do carro, tendo sido depois cercado por várias pessoas, que o intimidavam de forma clara. No meio do barulho dos carros e das motas que estavam paradas na estrada, ouviam-se também vários insultos. Questionada pelo i sobre o que está a ser feito para identificar os responsáveis pelo ataque, a PSP não respondeu até á hora de fecho.

Logo após o acidente, na madrugada de domingo, cerca de 500 pessoas e 150 viaturas juntaram-se na Segunda Circular para prestar homenagem aos três jovens que morreram. Além de terem interrompido o trânsito, a concentração não foi comunicada às autoridades. Ontem, a PSP informou em comunicado que os participantes cortaram “completamente a via nesse sentido [Norte/Sul] não permitindo a normal circulação rodoviária”. “Apesar de ter sido ordenado às pessoas ali concentradas que removessem as viaturas e desimpedissem a via rodoviária, tal não sucedeu, tendo os condutores abandonado as viaturas, o que obrigou ao corte da via nos dois sentidos”, disse a PSP.  

Estes comportamentos, segundo a PSP, “são passíveis de terem enquadramento criminal, por atentarem contra a segurança do transporte rodoviário”. Neste momento estão a ser identificados os condutores das viaturas, tendo sido “elaborado o respetivo auto de notícia, já remetido ao MP”. 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×