8/4/20
 
 
Itália em alerta com o coronavírus. Duas vítimas mortais e dez localidades em isolamento

Itália em alerta com o coronavírus. Duas vítimas mortais e dez localidades em isolamento

Marta F. Reis 22/02/2020 09:56

Número de casos subiu para 29 no país. Diretor-geral da OMS diz que aumento de casos fora da China significa que janela de oportunidade para conter o vírus está a fechar-se.

Em menos de 24 horas, o coronavírus passou a dominar todas as preocupações em Itália. O país tinha confirmado os primeiros dois casos no final de janeiro, na altura dois turistas chineses que estavam de visita a Itália. Esta sexta-feira, o cenário mudou depois de terem sido confirmados mais de uma dezena de casos na regiões de Lombardia e Veneto. O número continua a aumentar. O país registou ontem a primeira vítima mortal, um italiano de 78 anos. Este sábado morreu uma mulher de 29 anos. 

De acordo com a agência ANSA, a segunda vítima mortal vivia na região de Lombardia e terá ligação aos casos registados em Codogno.

O receio é de que o vírus esteja já a ser transmitido na comunidade. Estão agora confirmados 29 casos, 27 na região de Lombardia, cuja capital é Milão, e dois em Veneto. Segundo o Corriere della Sera, o ministro da Saúde, Roberto Speranza, anunciou que em breve poderão vir a ser adoptadas medidas restritivas de isolamento como as decididas já esta sexta-feira em 10 municípios "em risco" noutras localidades. Para já, as localidades onde os serviços foram encerrados e a população deve permanecer em casa são Bertonico, Castiglione d’Adda, Terranova dei Passerini, Castelgerundo, Codogno, Maleo, Casalpusterlengo, Fombio, Somaglia, San Fiorano, com um total de 50 mil habitantes.

Dois meses e meio depois do início da epidemia do novo coronavírus na China estão confirmados mais de 76 mil casos de covid-19 e mais de 2200 mortos. O maior surto fora a China aconteceu até ao momento no cruzeiro Diamond Princess, retido nas últimas semanas no Japão, e onde foram confirmadas mais de 500 pessoas infetadas. O número de casos na Coreia do Sul está também a aumentar muito rapidamente: o número de casos subiu este sábado para 433, com 229 confirmados nas últimas 24 horas. 

"Os sinais crescentes de transmissão do vírus fora da China mostram que a janela de oportunidade que temos para conter o coronavírus está a estreitar-se Apelamos a todos os países para investirem urgentemente na preparação", disse este sábado o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×