5/4/20
 
 
Inglaterra. Mourinho sem balas para nova luta de armas

Inglaterra. Mourinho sem balas para nova luta de armas

AFP Laura Ramires 21/02/2020 21:46

Técnico português não escondeu a preocupação perante a onda de lesões que afeta o plantel. Depois da derrota para a Champions, Tottenham defronta o Chelsea.

O Tottenham de José Mourinho volta a ter prova de fogo este sábado, com a deslocação a Stamford Bridge, para defrontar o Chelsea, jogo que inaugura a jornada 27 da Liga inglesa. Depois da derrota caseira, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Champions, os spurs vão enfrentar os blues num momento em que as duas equipas estão separadas por um ponto na tabela. A equipa de Mou ocupa o quinto lugar, último posto que dá acesso às provas europeias, enquanto os blues de Lampard estão imediatamente no andar de cima, na quarta posição, que ainda garante uma vaga direta para a Liga dos Campeões. O Tottenham sabe de antemão que uma nova derrota pode significar uma queda considerável na tabela, uma vez que Sheffield United (que vai receber o Brighton & Hove Albion) e Manchester United (defronta o Watford em Old Trafford) são os perseguidores diretos na tabela, com menos um e dois pontos do que os spurs, respetivamente. A equipa londrina, que conta com o português Gedson Fernandes, atravessa, de resto, um momento difícil, com uma onda de lesões a deixar o plantel desfalcado de duas das suas principais figuras, Son Heung-Min e Harry Kane. Para se ter uma ideia, a dupla é responsável por praticamente 50% dos golos dos spurs nesta temporada. Do total de 68 golos apontados pela equipa nesta temporada, Kane e Son somam 33: o internacional inglês foi autor de 17; enquanto o sul-coreano assinou 16.

O técnico português já mostrou preocupação face a esta situação: “No outro lado os jogadores entram e saem se estiverem cansados, no nosso não. É como ir para uma luta de armas sem balas”. “O que me preocupa não é o 1-0 [derrota ante o Leipzig], porque é um resultado aberto, pois podemos ir lá {jogo da segunda mão, na Alemanha] ganhar. O que me preocupa é que estes são os nossos jogadores que temos para não sei quantos jogos”, referiu após o desaire que deixou o Tottenham com vida mais complicada na Champions. “Se fosse só este jogo, sem problemas, o problema é que temos ainda a Premier League e a Taça de Inglaterra. Esta é a nossa situação”, continuou.

João Félix de regresso aos treinos Em Espanha o destaque vai para João Félix: o português regressou na quarta-feira aos treinos no Atlético Madrid, depois de ter recuperado de uma amigdalite. O jovem de 20 anos poderá regressar à competição no domingo, na receção ao Villarreal, em jogo da 25.ª jornada da Liga espanhola. O avançado está de fora dos relvados desde o arranque do mês de fevereiro, inicialmente até devido a lesão muscular, tendo falhado os duelos com Real Madrid (0-1), Valência (2-2), Granada (1-0) e Liverpool (1-0). De notar que durante a semana os colchoneros garantiram uma importante vitória sobre os reds, ao vencer, no Metropolitano, por 1-0, na primeira mão dos oitavos da Champions. Já no campeonato, a equipa de Simeone é 4.ª, a 13 pontos do líder Real Madrid.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×