31/3/20
 
 
Crédito à habitação. Taxa de juro fixa-se em 1% em janeiro

Crédito à habitação. Taxa de juro fixa-se em 1% em janeiro

Jornal i 18/02/2020 11:46

 A prestação média desceu 1 euro, para 247 euros, avançou o Instituto Nacional de Estatística.

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação foi 1% em janeiro de 2020 (1,011% no mês anterior). Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro subiu de 1,065% para 1,090%. No mês em análise, o capital médio em dívida aumentou 148 euros, fixando-se em 53 608 euros. A prestação média desceu 1 euro, para 247 euros, avançou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Para o destino de financiamento aquisição de habitação, o mais relevante no conjunto do crédito à habitação, a taxa de juro implícita para o total dos contratos desceu para 1,022% (-1,0 p.b. face a dezembro de 2019). Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro para este destino de financiamento aumentou 4,3 p.b. no mês em análise, fixando-se em 1,081%. Considerando a totalidade dos contratos, o valor médio da prestação vencida desceu 1 euro, para 247 euros. Deste valor, 45 euros (18%) correspondem a pagamento de juros e 202 euros (82%) a capital amortizado.

Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, o valor médio da prestação desceu 28 euros, para 337 euros.

Em janeiro de 2020, o capital médio em dívida para a totalidade dos contratos subiu 148 euros face ao mês anterior, fixando-se nos 53 608 euros. Para os contratos celebrados nos últimos 3 meses, o montante médio do capital em dívida foi 105 127 euros, mais 2 189 euros que em dezembro de 2019.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×