1/11/20
 
 
Aberto inquérito após morte de homem na urgência do Hospital de Beja

Aberto inquérito após morte de homem na urgência do Hospital de Beja

Jornal i 18/02/2020 10:04

Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo confirmou abertura de um inquérito.

Um homem, de 60 anos, morreu na sala de espera da urgência do Hospital de Beja, depois de ficar mais de quatro horas à espera.

De acordo com a notícia avançada pela Rádio Pax, que cita fonte familiar, o caso remonta ao passado dia 31 de janeiro. Após a triagem, a vítima recebeu pulseira amarela. Ficou à espera para ser atendido pelas 17h30, no entanto, pelas 21h00, acabou por morrer junto do irmão e cunhada que o acompanhavam.

Segundo a mesma rádio regional, o homem sofria de diabetes e tinha sido diagnosticado há alguns anos com hepatite C. A cunhada da vítima, Ana Teixeira, refere que uma semana antes o homem tinha feito análises e, por isso, “encontrava-se um pouco debilitado, não se sentia bem. Eu e o meu marido achámos melhor levá-lo às urgências”.

A mulher alega ainda que, já nas urgências, informaram o enfermeiro de serviço no gabinete de triagem do estado clínico da vítima. “Apenas nos diziam para aguardar que o chamassem”, disse Ana Teixeira, acrescentando ainda que outros utentes “estavam revoltados” com a situação e com a “falta de humanismo” a que estavam a assistir, depois de os familiares terem alertado várias vezes os enfermeiros para o estado de saúde da vítima.

O homem acabou por morrer na urgência daquela unidade hospitalar.

Escreve a Rádio Pax que a família fez uma reclamação por escrito à administração do Hospital de Beja e exigem saber a causa da morte da vítima. No entanto, continuam sem resposta.

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo confirmou ao mesmo órgão de comunicação que “foi instaurado um processo de inquérito no dia 5 de fevereiro de 2020.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×