7/4/20
 
 
Preventiva para militar da GNR suspeito de abusar sexualmente de enteada em Viseu

Preventiva para militar da GNR suspeito de abusar sexualmente de enteada em Viseu

Jornal i 13/02/2020 19:17

Militar estava há alguns anos no posto de Mortágua e os alegados abusos à menor surpreenderam colegas de profissão.

O militar da GNR, suspeito de abusar sexualmente da enteada, de 14 anos, em Mortágua, Viseu, ficou em prisão preventiva.

O suspeito tinha sido detido na terça-feira e, segundo o Jornal de Notícias, optou por ficar em silêncio perante o juiz do Tribunal de Viseu. O militar vai ainda ser alvo de um processo disciplinar por parte da Guarda Nacional Republicada.

Escreve o mesmo jornal, que terá sido a vítima a denunciar os abusos a uma profissional da escola que frequenta. O homem casou em agosto passado com a mãe da menor, que também tem outra filha. Ambas são fruto de uma relação anterior. A mulher terá ficado surpreendida com os alegados abusos.

De acordo com o Jornal de Notícias, o militar estava há alguns anos no posto de Mortágua e os alegados abusos à menor surpreenderam também os colegas de profissão.

Em declarações ao jornal, uma pessoa que conhece o militar desde a infância, e que não quis ser identificada, diz-se incrédula com a notícia. “É uma pessoa muito calma, muito integrada na sociedade. Há algo muito estranho nesta história", disse, acrescentando ainda que o homem é visto como uma pessoa muito correta.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×