31/3/20
 
 
Nissan exige 83,38 milhões a Carlos Ghosn

Nissan exige 83,38 milhões a Carlos Ghosn

Jornal i 12/02/2020 15:48

Fabricante de automóveis acusa o seu ex-presidente de abuso de confiança. Queixa é independente do processo de fraude e má gestão contra o empresário que continua fugido à justiça japonesa no Líbano.

A Nissan está a exigir em tribunal 83,38 milhões de euros a Carlos Ghosn. A ação da fabricante de automóveis deu entrada num tribunal do distrito de Yokohama, no Japão, e é justificada como uma tentativa de “recuperar uma parte significativa dos prejuízos provocados ex-presidente” do grupo.

A queixa da Nissan acusa Carlos Ghosn de abuso de confiança e é independente de outra relacionada com “pagamentos e transações não autorizadas como a aquisição de um iate, entre outros”.

Recorde-se que Carlos Ghosn encontra-se atualmente no Líbano, depois de ter fugido do Japão, aproveitando passagem de prisão preventiva para uma situação de prisão domiciliária. O ex-presidente do grupo Renault-Nissan é acusado de fraude e má gestão da empresa.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×