18/2/20
 
 
Vítor Rainho 12/02/2020
Vítor Rainho

vitor.rainho@newsplex.pt

Estará Portugal preparado para uma pandemia?

Se a China, com todas as suas particularidades, consegue pôr de quarentena seis vezes a população portuguesa, o que se passará se o coronavírus entrar em força na Europa?

As guerras no Médio Oriente, as pragas em África que podem causar a morte a milhões de pessoas por falta de alimentos, os dramas na Austrália com os fogos e as inundações, os conflitos na Venezuela ou na Bolívia, a violência no Brasil, entre outros, são assuntos muito graves mas que não mudam em nada o nosso dia-a-dia. Mas o mesmo não se passa com o aparecimento do novo coronavírus, que ameaça influenciar e muito a nossa vida. Há congressos internacionais cancelados, companhias de aviação que não param de despedir funcionários porque perderam milhões de passageiros, cidades europeias que sofrem com a falta de turistas, e por aí fora.

Mas o mais impressionante é que ninguém pode afirmar com clareza que o novo coronavírus não vai transformar-se numa pandemia com consequências graves para o planeta. Há aqueles que defendem que tal não irá passar-se, mas há cientistas que dizem o contrário. Se a China, com todas as suas particularidades, consegue pôr de quarentena seis vezes a população portuguesa, o que se passará se o coronavírus entrar em força na Europa?

Em Macau, onde há uma comunidade portuguesa, o quotidiano foi alterado completamente: os casinos foram encerrados, os hotéis seguiram o mesmo caminho e até as igrejas fecharam as portas e a palavra do Senhor começou a ser transmitida pela internet. E Portugal? Estará preparado para uma pandemia? Com o caos instalado nos hospitais – até os privados já parecem públicos –, como iremos reagir a uma nova epidemia, quando lidar com a gripe normal, mesmo num ano em que não é muito agressiva, é a confusão generalizada nos hospitais? E se alguma cidade tiver de ficar de quarentena, se for decretado o estado de emergência? Haverá algum plano preparado para fazer face a uma crise dessas? Esperemos que o coronavírus seja contido rapidamente e que possamos ter tempo para aprender as lições e preparar a reação a uma futura pandemia.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×