18/2/20
 
 
Abanca admite comprar posição de Isabel dos Santos no EuroBic

Abanca admite comprar posição de Isabel dos Santos no EuroBic

João Amaral Santos 04/02/2020 12:52

Banco espanhol só admite avançar para negócio com posição reforçada nunca inferior a 75%. Lucros do Abanca atingiram os 405 milhões de euros em 2019.

O Abanca confirmou o seu interesse na aquisição do capital do EuroBic que pertence a Isabel dos Santos. O anúncio foi feito na apresentação dos resultados do banco espanhol, referentes ao ano passado, pelo CEO Juan Carlos Escotet.

O gestor confirmou a intenção de "participar" no processo competitivo para a compra da posição de 42,5% da empresária angolana, adiantando que “Portugal está claramente dentro das nossas prioridades estratégicas”. Existem, porém, condições estabelecidas para a concretização do negócio, uma vez que Juan Carlos Escotet só admite entrar no capital social do banco liderado pelo ex-ministro Teixeira dos Santos caso obtenha uma posição reforçada, nunca inferior a 75% – uma opção que obrigará a um acordo com Fernando Teles, que detém 37,5% do capital do EuroBic.

Segundo as últimas informações, existem, pelo menos, cinco interessados, europeus e não europeus, na compra da posição de Isabel dos Santos no EuroBic, um processo que os responsáveis do banco esperam ver concluído até ao início de abril.

Recorde-se que Isabel dos Santos colocou a sua posição no EuroBic à venda na sequência do caso Luanda Leaks, onde é acusada pela justiça do seu país de má gestão e desvio de fundos da petrolífera Sonangol e da empresa estatal de diamantes Sodiam. Na sequência desta acusação, a filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos foi constituída arguida e viu as suas contas e bens serem arrestados.

Abanca com lucros de 405 milhões de euros
O Abanca somou lucros de 405 milhões de euros em 2019, o que representa um aumento de 6,7% em relação ao ano anterior. O ano passado ficou marcado pela integração do Deutsche Bank em Portugal e pela compra da operação da Caixa Geral de Depósitos em Espanha, o que contribuiu para um aumento do volume de negócios que superou os 85 000 milhões de euros (+23% em comparação com 2018).

Na apresentação destes resultados, Juan Carlos Escotet abordou ainda que o Abanca está a acompanhar de perto o processo de aumento de capital da Cofina, tendo em vista a aquisição da Media Capital. O banco espanhol anunciou que vai vender a posição de 5,05% que detém na Media Capital, de forma a se poder financiar e poder adquirir uma posição reforçada de 10% da Cofina, já depois de concluído o processo de aquisição da dona da TVI.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×