9/4/20
 
 
Ferro Rodrigues condena palavras de André Ventura

Ferro Rodrigues condena palavras de André Ventura

Bruno Gonçalves Jornal i 30/01/2020 09:21

"O ódio não pode ser arma na política", garantiu o presidente da Assembleia.

Eduardo ferro Rodrigues considerou “lamentáveis as declarações xenófobas proferidas pelo deputado do Chega sobre a deputada Joacine Katar Moreira”. Numa nota enviada à agência lusa, o presidente da Assembleia afirma que as palavras do líder do chega deverão ser “veemente” condenadas.

Salientando que não falava apenas através do seu alto cargo, mas também “enquanto cidadão”, Ferro Rodrigues afirmou que “o ódio não pode ser arma na política”. Na mesma nota, é ainda sublinhado que a Assembleia da República, “fiel aos valores da democracia e da tolerância”, não será palco desta ‘batalha’ entre os deputados do Chega e do Livre.

Recorde-se que, após uma proposta da deputada Joacine, para a alteração do Orçamento do Estado, onde o Livre sugeria que o património das ex-colónias portuguesas fosse identificado para, consequentemente, poder ser reclamado pelos países de origem, André Ventura escreveu um comentário acerca da situação. No Facebook, André Ventura sugeriu que a própria deputada fosse deportada.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×