21/2/20
 
 
Joacine propõe "descolonização" de museus em território português

Joacine propõe "descolonização" de museus em território português

AFP 28/01/2020 17:40

Uma das propostas de alteração ao OE2020 elaboradas pelo partido quer criar condições para o património das ex-colónias ser identificado, reclamado e devolvido.

O Livre propôs que todo o património das ex-colónias portuguesas possa ser identificado, para, posteriormente, poder ser reclamado e devolvido aos países de origem. A medida, assinada por Joacine Katar Moreira, quer dar a possibilidade de “descolonizar” museus e arquivos nacionais.

Segundo o Correio da Manhã, a elaboração da lista do património a ser restituído estaria a cargo de um “grupo de trabalho composto por museólogos, curadores e investigadores científicos”.

A deputada única do partido sugere ainda a criação de uma “comissão multidisciplinar composta por museólogos, curadores, investigadores científicos (história, história da arte, estudos pós-coloniais e decoloniais) e ativistas antirracistas”. Segundo Joacine, o objetivo desta comissão seria “"forjar diretivas didáticas para a recontextualização das coleções dos museus e monumentos nacionais", podendo, desta forma, “estimular a visão crítica sobre o passado esclavagista colonial, reenquadrando-o e recontextualizando-o à luz das mais recentes investigações académicas".

Terminou, esta segunda-feira, o prazo para a entrega das propostas de alteração ao orçamento do Estado. O Livre anunciou que 11 das 32 propostas entregues tinham “sinalização positiva” por parte do Executivo. Depois de a proposta do OE2020 ter sido aprovada, na generalidade, a 10 de janeiro, no próximo dia 6 vai realizar-se a votação final global do documento.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×