27/2/20
 
 
Avião que caiu na zona leste do Afeganistão pode pertencer às forças americanas

Avião que caiu na zona leste do Afeganistão pode pertencer às forças americanas

Jornal i 27/01/2020 16:28

As forças americanas em Cabul, capital do país, não quiseram prestar declarações à agência France-Press (AFP). À mesma agência, o ministro da defesa afegão garantiu que o avião não pertencia às forças afegãs.

O avião que caiu, esta segunda-feira, no leste do Afeganistão, pertence, alegadamente, às forças norte-americanas. “Um avião especial dos ocupantes americanos caiu na priovíncia de Ghazni”, garantiu, em comunicado, um dos porta-vozes do Talibã, Zabiullah Mujahid, acrescentando que toda a população terá morrido.

As forças americanas em Cabul, capital do país, não quiseram prestar declarações à agência France-Press (AFP). À mesma agência, o ministro da defesa afegão garantiu que o avião não pertencia às forças afegãs.

O porta-voz do governador de Ghazni, Aref Noori, afirmou, à CBS, que foram encontrados dois corpos, que pertenciam aos pilotos da aeronave e que o avião terá ficado totalmente destruído.

Um porta-voz da polícia terá dito que a “zona não é segura” devido à presença dos talibãs, que controlam a zona de Deh Yak, onde o avião se despenhou. À AFP, o mesmo porta-voz adiantou que se trata de um avião comercial, informação que foi, entretanto, corrigida. Também foi avançado que o avião era da Ariana Afghan Airlines, informação que foi desmentida pela própria companhia aérea.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×