26/2/20
 
 
Tribunal Irlandês determina que motorista acusado da morte de 39 migrantes deve ser extraditado

Tribunal Irlandês determina que motorista acusado da morte de 39 migrantes deve ser extraditado

Jornal i 24/01/2020 14:50

Eammon Harrison e Maurice Robison, também irlandês, foram acusados de homicídio, depois de ter ficado provado que as 39 vítimas tinham pagado a traficantes para serem transportados até ao Reino Unido.

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas, que foram encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres, pode ser extraditado para o Reino Unido, para enfrentar as acusações de que é alvo.

O juiz Donald Binchyh determinou que o irlandês Eammon Harrison, de 23 anos, deve ser extraditado para o Reino Unido para enfrentar acusações de homicídio e conspiração para tráfico de pessoas, uma vez que é acusado de ter transportado o contentor até ao porto belga de Zeebrugge, onde foi colocado num 'ferry' com destino a Inglaterra.

Eammon Harrison e Maurice Robison, também irlandês, foram acusados de homicídio, depois de ter ficado provado que as 39 vítimas tinham pagado a traficantes para serem transportados até ao Reino Unido.

Segundo os procuradores, Harrison terá transportado o contentor até ao porto belga de Zeebrugge, onde foi colocado num 'ferry', e foi recolhido por Maurice Robinson à chegada ao Reino Unido.

No entanto, os advogados de Eammon Harrison dizem que a extradição não deverá acontecer, uma vez que os alegados crimes foram cometidos na Bélgica. A defesa vai analisar uma possibilidade de recurso.

O juiz irlandês anunciou que a extradição fica adiada até dia 4 de fevereiro.

Recorde-se que no dia 23 de outubro, foram encontrados os corpos de 39 imigrantes oriundos do Vietname, num contentor refrigerado, na cidade inglesa de Gray, a leste de Londres.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×