6/4/20
 
 
Novo coronavírus leva China a construir hospital em dez dias

Novo coronavírus leva China a construir hospital em dez dias

Jornal i 24/01/2020 12:29

Obra em Wuhan de hospital com 25 mil metros vai receber apenas pacientes infetados com o novo coronavírus.

Depois de o número de mortes causadas pelo novo coronavírus ter subido, esta sexta-feira, para 26, a Chiana decidiu reforços as medidas para a não propagação do vírus 2019-nCov, construindo um hospital destinado a pacientes que tenham sido infetados. O edifício vai ter capacidades para receber mil pacientes e é suposto estar pronta no dia 3 de fevereiro.

Segundo a NBC, também os transportes públicos não estarão a circular em Wuhan e em, pelo menos, mais 13 cidades da província de Hubei, como forma de evitar uma propagação em maior escala. Na sexta-feira à noite, pelo menos três cidades chinesas estavam totalmente isoladas.

Apesar de ainda não ter sido declarado estado de emergência a nível internacional, o vírus está presente em, pelo menos, sete países. O segundo caso nos Estados Unidos foi conhecido esta sexta-feira e, em Portugal, há três pessoas que foram despistadas, mas em nenhum dos casos se confirmou a presença do vírus.

Segundo a Comissão Nacional de Saúde da Repúbluca Popular da China, há, pelo menos, 830 pessoas infetadas. A publicação Global Times noticiou, também esta sexta-feira, que o nível de emergência na China subiu para o nível dois, querendo isto dizer que há supermercadps e hóteis que estão encerrados, sem previsão de reabertura. “Nós temos que tentar evitar que o esta epidemia se espalhe a outros sítios”, explicou, aos jornalistas, o governador da região de Hubei. “Temos uma enorme responsabilidade”, acrescentou Wang Xiaodong.

Também em Pequim os transportes públicos não estão a circular e as atrações turísticas principais, como a Cidade Proibida e algumas secções da Grande Muralha da China vão estar encerradas indefinidamente.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×