11/8/20
 
 
Ministro da Defesa diz que saída da Força Aérea do Montijo custará 100 milhões de euros

Ministro da Defesa diz que saída da Força Aérea do Montijo custará 100 milhões de euros

jornal i 22/01/2020 15:36

João Gomes Cravinho explica que a saída da Força Áerea da base nº6 irá implicar a transferência dos helicópteros para a base aérea de Sintra e dos aviões de treino Épsilon para a base de Beja.

Depois da Agência Portuguesa do Ambiente ter dado luz verde à construção do aeroporto no Montijo, o ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, já prestou declarações sobre a saída da Força Aérea da base do Montijo e afirmou que vai ser necessário um investimento de cerca de 100 milhões de euros por parte da Governo e da Vinci, a entidade de gestão do aeroporto.

O ministro explica que a saída da Força Áerea da base nº6 irá implicar a transferência dos helicópteros para a base aérea de Sintra e dos aviões de treino Épsilon para a base de Beja. Além disso, a construção da infraestrutura “vai afetar, direta ou indiretamente, sete das dez esquadras da Força Aérea”, afirma, em declarações à agência Lusa.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×