18/2/20
 
 
Tottenham. Gedson já está – Mou volta a atacar Portugal e pede Zé Luís

Tottenham. Gedson já está – Mou volta a atacar Portugal e pede Zé Luís

Tottenham Hotspur Laura Ramires 16/01/2020 20:47

O avançado cabo-verdiano do FC Porto, Zé Luís, está muito perto de ser reforço da equipa orientada por José Mourinho. O objetivo é fechar um negócio idêntico ao de Gedson Fernandes (empréstimo com opção de compra não obrigatória), que foi ontem apresentado no clube londrino.

Gedson Fernandes é oficialmente jogador do Tottenham. O internacional português chega por empréstimo do Benfica, válido por ano e meio – e os spurs ficam ainda com opção de compra não obrigatória (na ordem dos 50 milhões de euros). Formado no Seixal, o médio de 21 anos perdeu espaço no clube da Luz desde a chegada de Bruno Lage, tendo sido utilizado esta temporada em 13 jogos apenas. No total, na equipa principal, o jovem jogador soma 59 jogos de águia ao peito e três golos.

Em Inglaterra, Gedson Fernandes já fez saber o “sonho” que é ser treinado por José Mourinho, bem como jogar na Premier League. “Todos os jogadores do mundo querem jogar na Premier League. Para mim, é mais uma motivação, porque sempre sonhei jogar nesta liga e agora vou realizar o meu sonho. Acho que faremos coisas fantásticas, porque este é um clube fantástico”, adiantou o mais recente reforço do Special One. Na apresentação, o jogador luso falou ainda sobre a adaptação a Londres, um processo que, na sua perspetiva, será mais fácil do que o normal, uma vez que conta com o apoio da família. “A minha família veio para Londres porque em Portugal é muito difícil encontrar trabalho. Eles não tiveram uma vida brilhante, mas têm uma vida boa aqui e essa é mais uma motivação para eu estar aqui hoje. Sim, eles vão-me ajudar a instalar-me aqui”, explicou o médio.

De resto, Gedson mostrou-se entusiasmado com o novo desafio que agora vai começar e não escondeu querer seguir as pisadas de... Cristiano Ronaldo, que fez história em solo inglês ao serviço do Manchester United.

 

“Um sonho tornado realidade”

Ainda esta quarta-feira, o médio luso não escondeu a felicidade de estar num “grande clube”, prometendo dar o seu melhor todos os dias. “Estou muito feliz por estar aqui hoje. Faço do meu sonho uma realidade. Para mim, é um sonho vir para este grande clube. Vou tentar dar o meu melhor para o clube todos os dias, em todos os treinos e em todos os jogos. Vou tentar ajudar a equipa sempre que puder e trabalhar duro todos os dias por esta camisola”, assegurou.

O Tottenham é atualmente oitavo classificado na Liga inglesa, com 30 pontos, a 31 do líder Liverpool (61) – com os reds a terem menos um jogo do que os spurs.

Já esta terça-feira, Mou e companhia garantiram o apuramento para os 16- -avos-de-final da Taça de Inglaterra, batendo (2-1) o secundário Middlesbrough em jogo de repetição (depois de um empate a uma bola). Além disso, a equipa londrina segue ainda presente na Champions, prova em que vai defrontar os alemães do RB Leipzig nos oitavos-de-final (com primeira mão agendada para o próximo mês de fevereiro).

Contudo, o próximo desafio do Tottenham está agendado já para este sábado, ante o Watford (17.o na tabela), fora, referente à jornada 23 do campeonato.

 

Depois de Gedson, Mou pede Zé Luís

Com o dossiê Gedson encerrado, surge agora um novo desejo luso na lista do treinador português: o avançado cabo-verdiano do FC Porto, Zé Luís. O ponta-de--lança tem dado que falar nos azuis-e- -brancos, registando oito golos até agora, em 20 jogos. Aos 28 anos, o avançado chegou esta época à equipa de Sérgio Conceição, proveniente, recorde-se, dos russos do Spartak de Moscovo. Apesar do interesse manifestado por Mou, a imprensa internacional desportiva levanta dúvidas quanto à viabilidade desta mudança – apontando até um possível destino para o cabo-verdiano: os espanhóis do Sevilha. A intermediar o negócio está a GestiFute de Jorge Mendes. À semelhança de Gedson, a solução para levar o jogador dos azuis-e-brancos para o norte de Londres passa por um empréstimo (neste caso, até ao final da temporada) com cláusula de opção de compra (valores desconhecidos).

De resto, o agente português está ainda envolvido noutro processo, desta feita com o Manchester United, que envolve a transferência de Bruno Fernandes.

Ao que tudo indica, os red devils preparam-se para oferecer 70 milhões de euros pelo jogador do Sporting, com parte desse montante a ficar dependente de determinados objetivos (10 milhões). Além disso, o internacional português tem à sua espera um contrato válido por cinco temporadas com um salário que ultrapassa os 100 mil euros líquidos semanais (ou seja, mais de seis milhões de euros por temporada).

Em Alvalade esperava-se uma proposta final vinda de Old Trafford, que também pode incluir jogadores (pelo menos um) como moeda de troca.

Depois de ter sido um dos grandes protagonistas do mercado de inverno, o ainda capitão leonino volta a fazer correr tinta. As expetativas em torno da possível mudança de Bruno Fernandes para Manchester são agora ainda maiores, já que permanece a dúvida se o principal ativo dos leões ainda vai estar disponível para a receção ao Benfica, no dérbi em Alvalade agendado para esta sexta-feira, referente à jornada 17 do campeonato português.

De recordar que Jorge Silas, treinador do conjunto leonino, havia comentado que a saída do jogador era inevitável e que, nesse sentido, tinha de começar a encontrar alternativas. O Sporting é atualmente quarto classificado na Liga portuguesa, a 16 pontos do líder Benfica.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×