26/1/20
 
 
Petit já trabalha no Belenenses SAD: é o terceiro treinador dos azuis esta época

Petit já trabalha no Belenenses SAD: é o terceiro treinador dos azuis esta época

Belenenses SAD Laura Ramires 16/01/2020 18:13

Azuis apresentam o terceiro treinador da temporada depois de Silas e Pedro Ribeiro, que rescindiu com o clube na terça-feira.

Petit foi confirmado esta terça-feira como novo treinador do Belenenses SAD, com a apresentação a acontecer já durante o dia de ontem. O novo técnico dos azuis tem por isso pouco tempo para preparar o primeiro desafio ao leme da equipa, atual 15.ª classificada na tabela da Liga, a um ponto da zona de descida. A estreia do sucessor de Pedro Ribeiro acontece este sábado, com a receção ao V. Setúbal, em jogo da 17.ª jornada do campeonato.

Recorde-se que o antigo treinador deixou o clube após uma série de quatro jogos sem vencer (com a última derrota a acontecer ante o Gil Vicente). Ainda assim, no último domingo, o jornal Record avançava que a saída de Pedro Ribeiro não estava relacionada com os recentes maus resultados desportivos, mas com o facto de o técnico não se ter sentido apoiado pela direção dos azuis após o diferendo com o FC Porto, aquando do empate (1-1) polémico no Jamor. Recorde-se que naquela partida, Ribeiro disse ter sido agredido no túnel de acesso aos balneários do Estádio Nacional. O treinador, que rendeu Silas no comando técnico do Belenenses SAD esta temporada, disse ter sido agredido “com um soco”. Ao que tudo indicava, Sérgio Conceição seria o responsável pela alegada agressão. Embora inicialmente o treinador dos dragões se tenha negado a prestar declarações sobre o assunto, mais tarde Sérgio Conceição garantiu que nada tinha a ver com uma eventual agressão ao homólogo dos azuis. De acordo com a mesma publicação, Pedro Ribeiro já tinha pedido a demissão no final da partida frente ao Moreirense (jogo disputado imediatamente a seguir ao encontro com o FC Porto), mas na altura a direção liderada por Rui Pedro Soares não aceitou o pedido.

A 10.ª chicotada na Liga portuguesa Com a saída de Pedro Ribeiro do comando técnico do Belenenses SAD aumentaram para 10 o número de mudanças de treinadores nos clubes da Liga portuguesa. Até terça-feira, Ricardo Sá Pinto era o último membro da lista, quando foi substituído por Rúben Amorim nos destinos do Sp. Braga em vésperas de Natal. Para além de Sá Pinto, de notar os nomes de Lito Vidigal (Boavista), Vítor Campelos (Moreirense), Nuno Manta (Marítimo), Sandro Mendes (V.Setúbal), Augusto Inácio (Desp. Aves), Jorge Silas (saiu do Belenenses para depois assumir o comando técnico do Sporting), Marcel Keizer (Sporting) e Filipe Rocha (P. Ferreira).

Petit nega papel de “salvador” Petit, que assinou contrato válido por um ano e meio com o clube, apontou como principal meta para os azuis a luta constante “pelos três pontos”, ir “jogo a jogo” e ter “objetividade no trabalho”. Aos 43 anos, o português estava sem treinar desde que deixou o Marítimo no último verão. Petit começou a carreira de treinador em 2012/13 e já passou por Boavista, Tondela, Moreirense, Paços de Ferreira e Marítimo. Em comum tem o facto de em todos os projetos ter lutado pela manutenção na I Liga – algo que cumpriu sempre com sucesso. Ainda assim o treinador recusa o estatuto de “salvador”, valorizando o trabalho diário.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×