6/7/20
 
 
Faro. Tribunal deixa homem suspeito de violência doméstica sobre a mãe e companheira em liberdade

Faro. Tribunal deixa homem suspeito de violência doméstica sobre a mãe e companheira em liberdade

DR jornal i 16/01/2020 18:11

O homem chegou mesmo a atear fogo à residência da família, em Faro, segundo as autoridades.

Um homem foi detido, esta terça-feira, em Faro, suspeito de violência doméstica contra a companheira e a própria mãe, anunciou o Comando Territorial de Faro da GNR, através de um comunicado.

Depois de uma investigação por parte das autoridades, foi possível concluir que o homem de 26 anos “agredia, injuriava e ameaçava de morte, de forma reiterada, tanto a sua companheira, de 34 anos, como a sua própria mãe, uma idosa de 70 anos, tendo numa das situações chegado mesmo a atear fogo à residência da família”, pode ler-se no comunicado.

Após primeiro interrogatório judicial, o Tribunal de Faro decidiu que o suspeito deveria ficar em liberdade, tendo-o proibido de entrar em contacto com as vítimas e ordenado que este se mantivesse afastado da residência familiar, com controlo por pulseira eletrónica, como medidas de coação. 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×