21/1/20
 
 
Opel vai despedir mais de quatro mil trabalhadores até 2029

Opel vai despedir mais de quatro mil trabalhadores até 2029

Jornal i 14/01/2020 12:58

Fabricante alemã, detida pelo grupo PSA, justifica decisão com queda na produção e venda de automóveis à escala global. Plano prevê extinguir 14% dos postos de trabalho.

A Opel tenciona despedir mais de quatro mil trabalhadores até 2029. Esta medida da fabricante alemã, controlada pelo grupo PSA – que detém marcas como Peugeot e Citroën, entre outras –, será feita em duas fases e tem como objetivo eliminar cerca de 14% dos atuais postos de trabalho. A notícia foi divulgada esta terça-feira pela Bloomberg.

O plano da empresa prevê despedir 2100 pessoas até 2025 e avançar com dois cortes de pessoal envolvendo 2000 trabalhadores na segunda metade da década e até 2029. Neste momento, existem 30000 pessoas a trabalhar na Opel.

Segundo a agência financeira, a decisão surge na sequência da desaceleração das vendas no setor automóvel e pelos efeitos provocados pela transformação digital.

Recorde-se que os dados de 2019 indicam que a produção de automóveis na Alemanha caiu (-9%) pelo terceiro ano consecutivo para 4,7 milhões de unidades, o seu nível mais baixo desde 1997. Embora as vendas na Alemanha tenham aumentado 5%, as construtoras alemãs exportaram menos devido à queda na demanda internacional. Ao todo, a indústria automóvel corresponde a 5% do PIB alemão e a 3% dos empregados que fazem descontos na Alemanha. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×