6/4/20
 
 
Irão e a responsabilidade por queda de avião: "A verdade é que não mentimos"

Irão e a responsabilidade por queda de avião: "A verdade é que não mentimos"

AFP Jornal i 13/01/2020 11:44

As 176 pessoas a bordo do avião, principalmente iranianas e canadianas, morreram no incidente.

O Governo iraniano negou, esta segunda-feira, ter mentido sobre a responsabilidade das autoridades do país no incidente com o avião ucraniano, que foi abatido no passado dia 8 de janeiro e que provocou a morte de 176 pessoas.

“Nestes dias de tristeza, críticas foram dirigidas aos responsáveis e às autoridades do país. Alguns responsáveis foram até acusados de mentir e tentar encobrir o assunto, quando realmente, honestamente, não foi o caso", disse o porta-voz do Governo iraniano, Ali Rabii.

"A verdade é que não mentimos. Mentir é disfarçar a verdade, intencional e conscientemente. Mentir é sufocar informações. Mentir é conhecer um facto e não o dizer ou distorcer a realidade [deste facto]", acrescentou.

Recorde-se que na quinta e sexta-feira, o Governo iraniano e Organização de Aviação Civil Iraniana negaram que o avião tivesse sido abatido acidentalmente por um míssil. No entanto, este sábado, reconheceram ter responsabilidade no incidente.

"O que dissemos na quinta-feira (...) foi baseado (...) em informações que foram apresentadas ao Governo, que não havia conexão entre o acidente e um (tiro de) míssil", disse ainda Ali Rabii.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×