24/10/20
 
 
Primeiro-ministro do Canadá diz que avião ucraniano foi abatido por míssil do Irão

Primeiro-ministro do Canadá diz que avião ucraniano foi abatido por míssil do Irão

AFP Jornal i 09/01/2020 21:10

Recorde-se que o avião caiu, em Teerão, ao início da manhã de quarta-feira, horas depois de o Irão ter lançado pelo menos 22 mísseis contra bases norte-americanas no Iraque.

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá, disse esta quinta-feira que o seu Governo tem informações de que o voo 752 de Ukranian International Airlines (UIA), que caiu em Teerão, foi derrubado por um míssil iraniano.

Em conferência de imprensa, o primeiro-ministro canadiano disse ainda que a ação "pode ter sido intencional".

Recorde-se que já esta quinta-feira os Estados Unidos afirmaram que acreditam que avião que caiu no Irão foi abatido por um míssil iraniano, depois da análise contínua de dados de satélites, radar e dados eletrónicos recolhidos pelas forças armadas.

Donald Trump também comentou o assunto e disse suspeitar de que o acidente não se deveu a problemas mecânicos.

Entretanto, as autoridades do Irão já rejeitaram que o acidente, que matou 176 pessoas, tenha sido provocado por um sistema antimíssil iraniano.

Recorde-se que o avião caiu, em Teerão, ao início da manhã de quarta-feira, horas depois de o Irão ter lançado pelo menos 22 mísseis contra bases norte-americanas no Iraque. A maioria das pessoas eram de nacionalidade iraniana, havendo também canadianos, alemães, suecos, afegãos, britânicos e ucranianos a bordo.

A Ucrânia enviou para Teerão uma equipa de 45 investigadores para estudar as causas do incidente.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×