12/7/20
 
 
Governo ucraniano envia investigadores para descobrirem motivo da queda do avião na capital iraniana

Governo ucraniano envia investigadores para descobrirem motivo da queda do avião na capital iraniana

AFP Jornal i 09/01/2020 16:58

Há, pelo menos, sete teses que estão a ser estudadas - entre as quais está um possível disparo de um míssil antiaéreo contra o avião.

As autoridades ucranianas afirmaram, esta quinta-feira, que estão a investigar, pelo menos, sete possíveis causas que possam ter levado à queda do avião da companhia Ukraine International Airline, que resultou na morte de 176 pessoas a bordo.

Entre as causas que estão a ser exploradas está um possível disparo de um míssil antiaéreo contra o avião, a explosão de uma bomba a bordo, a colisão do avião com um drone ou a deflagração de um incêndio no motor. Em declarações à agência France-Presse (AFP), o secretário do Conselho ucraniano de Segurança e de Desfesa Nacional, Sergei Danylov, garantiu que "nenhuma é prioritária".

Recorde-se que o avião caiu, em Teerão, ao início da manhã de quarta-feira, horas depois de o Irão ter lançado pelo menos 22 mísseis contra bases norte-americanas no Iraque. A maioria das pessoas eram de nacionalidade iraniana, havendo também canadianos, alamães, suecos, afegãos, britânicos e ucranianos a bordo.

A equipa que está a investigar as causas da queda do avião, a par com as autoridades iranianas é composta por 45 investigadores.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×