28/2/20
 
 
Frederico Varandas quer Estádio de Alvalade mais seguro para famílias e para grupos que “apoiam genuinamente”

Frederico Varandas quer Estádio de Alvalade mais seguro para famílias e para grupos que “apoiam genuinamente”

Bruno Gonçalves Jornal i 08/01/2020 20:37

Presidente do Sporting recebido pelo Governo. Violência no desporto foi o tema em discussão 

Frederico Varandas foi recebido, hoje, no Ministério da Administração Interna, para abordar o tema da violência no desporto. À saída, o presidente do Sporting garantiu um Estádio de Alvalade mais seguro para famílias e para grupos que “apoiam genuinamente”, mostrando-se ainda irredutível no que respeita à sua posição perante as claques ou qualquer adepto que não tenha o comportamente adequado dentro de um recinto desportivo.

"Foi uma reunião produtiva e quero acreditar que novos tempos virão, com mais eficácia, com a erradicação de comportamentos lamentáveis que afetam o desporto e a sociedade portuguesa", disse o dirigente leonino.

Varandas lembrou ainda que não deve haver qualquer margem para todos os que afetam o fenómeno desportivo: “Não podemos pactuar com escumalha que faz incitação à violência, com escumalha que imita sons de um very light para lembrar um homicídio ou que atira tochas para o relvado. Esta escumalha não pode ter espaço no desporto português".

Para o líder dos leões deve começar a haver uma responsabilização individual e não para os clubes, caso das multas, que, na sua perspetiva, devem ser aplicadas àqueles que quebram as regras. 

"Não podem ser os clubes a pagar as multas, existem grupos que têm estes comportamentos e os clubes é que pagam. A punição tem de ser individual. O Sporting tem essa capacidade [de identificar individualmente os adeptos], o Benfica tem, o FC Porto tem. Temos de atuar", reforçou.

Varandas recebido pelo Governo A violência no desporto foi o tema principal em discussão esta quarta-feira, com Varandas a ser recebido pelo secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, e pelo secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo. 

Este encontro acontece depois de o Sporting ter considerado que a violência no desporto é um “problema da sociedade portuguesa”, apelando frequentemente à intervenção do Estado nestas situações. 

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×