4/12/20
 
 
Presidente do Irão diz que EUA vão sofrer por morte de general iraniano "ao longo dos próximos anos"

Presidente do Irão diz que EUA vão sofrer por morte de general iraniano "ao longo dos próximos anos"

AFP jornal i 04/01/2020 18:28

 Rohani explicou ainda que no Irão, "os jovens seguem e amam o caminho" traçado pelo comandante da força de elite iraniana Al-Quds e, "se Deus quiser", no futuro, "serão criados dezenas de generais Soleimani”.

O Presidente iraniano, Hassan Rohani, afirmou, este sábado, que os Estados Unidos vão sofrer "as consequências" do assassínio do general Qassem Soleimani "não apenas hoje, mas ao longo dos próximos anos” por um ato que este apelida de um dos "maiores crimes contra a nação do Irão".

“Os norte-americanos não perceberam o grande erro que cometeram (…). Sem dúvida, os Estados Unidos são muito mais odiados hoje (do que antes) entre o povo do Irão e do Iraque", declarou Rohani, durante uma reunião com a família do general.

Segundo o Presidente, Soleimani "não era apenas um comandante de guerra e um importante planeador de operações, mas também um político e estratega excecional e talentoso". Rohani explicou ainda que no Irão, "os jovens seguem e amam o caminho" traçado pelo comandante da força de elite iraniana Al-Quds e, "se Deus quiser", no futuro, "serão criados dezenas de generais Soleimani”.

Sobre a vingança contra as forças norte-americanas, Rohani afirma que "ocorrerá no dia em que virmos que, com a continuidade da luta, será cortada para sempre a mão maligna dos EUA na região”, disse, de acordo com um comunicado da Presidência iraniana.

 

Ler Mais


Especiais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×