31/3/20
 
 
Globe Soccer Awards. Ronaldo, João Félix, Jorge Mendes e Benfica premiados

Globe Soccer Awards. Ronaldo, João Félix, Jorge Mendes e Benfica premiados

Laura Ramires 29/12/2019 21:41

Portugal em grande forma na Gala Internacional de Futebol 2019, que teve lugar no Dubai. Só Fernando Santos não conseguiu vencer na sua categoria - em que tinha a forte concorrência de Jurgen Klopp (Liverpool), eleito Treinador do Ano.

Cristiano Ronaldo, João Félix, Jorge Mendes e o Benfica foram os vencedores portugueses nos Globe Soccer Awards2019, evento organizado anualmente pela Associação de Jogadores da Europa e Associação de Clubes Europeus, que pretende distinguir os melhores de cada ano.

Na verdade, olhando ao histórico da cerimónia, que voltou ontem a ter palco no Dubai, o atual jogador da Juventus é quase presença garantida. O capitão da seleção portuguesa de futebol ganhou pela sexta vez o prémio de Melhor Jogador do Ano (quarta consecutiva), repetindo os galardões de 2011, 2014, 2016, 2017 e 2018. Na hora de receber o troféu, o avançado de 34 anos agradeceu à família e aos companheiros de equipa, deixando ainda uma mensagem sobre o futuro próximo: “para o ano espero voltar”. Contudo, já no dia antes de ter sido distinguido com o prémio principal, o astro português tinha sido o ator principal das conferências que antecederam a cerimónia. Arazão? A revelação feita por CR7, que disse que gostaria de participar num filme em Hollywood. “Ganhar mais ou menos uma Champions não me vai fazer feliz, mas claro que quero ganhar. Todavia, preparo-me para uma vida nova e quero outras coisas: melhorar o meu inglês, participar num filme em Hollywood que exige inglês top e uma performance top… Para conseguir isto tens de sair da tua zona de conforto, aprender cada vez mais e desafiares-te a ti mesmo, que é algo que gosto muito”, confessou o craque, que recebeu entretanto propostas para cumprir mais um sonho - mas deixemos por agora esse capítulo para as próximas cenas. Ronaldo, recorde-se, marcou 28 golos na época de estreia no campeonato italiano e ajudou a Juventus a conquistar a Serie A. Foi ainda um dos protagonistas na vitória de Portugal na Liga das Nações e conduziu a seleção portuguesa a um lugar no próximo Campeonato da Europa.

Também nos Emirados Árabes Unidos, destaque para João Félix, eleito Jogador Revelação de 2019, depois da transferência milionária que protagonizou. Depois de ter brilhado durante meio ano ao serviço do Benfica de Bruno Lage, com quem conquistou a Liga NOS, o jovem avançado viu o Atlético de Madrid a desembolsar 126 milhões de euros pelo seu passe - naquela que foi, de resto, a maior transferência da época a nível mundial. Mais: o atacante de 19 anos fez a sua estreia por Portugal, com quem também conquistou a Liga das Nações. Mais ainda: Félix voltou a ser premiado, depois de já ter sido distinguido esta época ao receber o prémio Golden Boy pelo Tuttosport. “Obrigado ao Benfica, ao Atlético Madrid e à minha família, que me apoiou sempre desde o início”, disse o jovem dos colchoneros.

Ainda antes de Cristiano Ronaldo e João Félix subirem a palco, foi a vez do agente de ambos ser laureado. Aos 53 anos, Jorge Mendes recebeu pela oitava ocasião o prémio de Empresário do Ano, falhando apenas em 2016. Nos agradecimentos, o agente fez precisamente referência aos dois jogadores internacionais por Portugal: “Quero agradecer às pessoas da Gestifute, à minha família, à minha mulher, a João Félix - o melhor jovem jogador do ano - e a Cristiano Ronaldo, o melhor de sempre”.

Uma referência ainda para o Benfica, que venceu, a par dos holandeses do Ajax, o prémio de Melhor Academia nos Globe Soccer Awards 2019.

Foi a segunda vez que o clube da Luz recebeu a distinção depois da vitória em 2015. “Muito obrigado ao júri e a todas as pessoas que trabalham na nossa academia. O clube está muito orgulhoso deste prémio”, adiantou Rui Costa, que esteve a representar os encarnados na cerimónia.

Contas feitas, apenas Fernando Santos não conseguiu trazer o galardão para casa, já que o selecionador nacional foi superado por Jurgen Klopp. Concorrência desleal, pois claro, uma vez que era impensável bater o treinador do Liverpool, que se sagrou campeão europeu pelos reds. O alemão, um dos técnicos mais carismáticos da atualidade no mundo do futebol sagrou-se entretanto campeão do Mundo. De resto, Klopp prepara-se, até ver, para caminhar a passos largos para nova temporada histórica.
 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×