12/7/20
 
 
Papa Francisco levanta "sigilo pontifício" em casos de abuso sexual

Papa Francisco levanta "sigilo pontifício" em casos de abuso sexual

AFP Jornal i 17/12/2019 13:01

Esta foi uma das exigência mais importantes dos líderes da Igreja aquando da cimeira realizada pelo Vaticano, em fevereiro, onde o tema foi discutido.

O Vaticano divulgou, esta terça-feira, as mudanças que vão ser impostas à Igreja Católica Romana, no que diz respeito a casos de violência e abuso sexual de menores.

A regra do “sigilo pontifício”, que antes não obrigava os clérigos a denunciar estes casos, foi abolida. De acordo o Vatican News, o Papa Francisco decidiu também aletrar as regras relativas ao crime de pornografia infantil, passando o Vaticano a posse e difusão de imagens envolvendo menores como um dos crimes mais graves.

O levantamento do “sigilo pontifício” em caso de investigações ligadas a crimes de abuso sexual foi uma das exigência mais importantes dos líderes da Igreja aquando da cimeira realizada pelo Vaticano, em fevereiro, onde o tema foi discutido.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×