25/9/20
 
 
PSD. Rio só sabe cozer ovos e ainda não conseguiu colocar na "ordem" o partido

PSD. Rio só sabe cozer ovos e ainda não conseguiu colocar na "ordem" o partido

Cristina Rita 11/12/2019 16:39

O presidente social-democrata não participou no programa da Cristina nas legislativas. Mas esta quarta-feira, a um mês das diretas do partido, lá esteve mais de 20 minutos.

Não cozinhou, nem dispensou o fato e a gravata. Rui Rio, presidente do PSD e recandidato à liderança, esteve esta quarta-feira no “programa da Cristina”, na SIC, numa versão mais intimista do que lhe é habitual, mas com recados para o partido. 
Ao contrário de António Costa, primeiro-ministro, e Assunção Cristas, líder demissionária do CDS, Rui Rio não arriscou na cozinha. E a razão é simples. Não sabe.  “Não cozinho nada. Só cozo ovos. E como um ovo cozido todas as manhãs . E sou eu que cozo o ovo.  Não sei fazer mais nada”, confessou nos primeiros minutos em estúdio, ainda na fase de cumprimentos. 
A conversa teve dois momentos: um mais político ( no final) e outro mais pessoal. A versão política entrou no meio de uma conversa sobre o registo poupado de Rio. “Do ponto de vista financeiro, já demos um passo muito grande e já reduzimos o passivo [no PSD], do ponto de vista político ainda não consegui pôr na ordem como a coisa devia ser”, defendeu o líder social-democrata.
A apresentadora ainda quis esclarecer, por exemplo, como era a relação de Rui Rio com Marcelo Rebelo de Sousa. E o recandidato a líder do PSD assegurou que ambos se davam bem, refutando a ideia de que tenham uma relação difícil, resultante do histórico do passado. Rio, recorde-se, foi secretário-geral de Marcelo Rebelo de Sousa quando o atual presidente da República foi líder do PSD. Rui Rio acabou por sair da direção do partido, após as autárquicas de 1997, quando já tinha colocado em prática um processo de refiliação (alvo de muitas críticas) e até equacionou colocar um sistema de ponto para os funcionários do parrtido. 
Questionado se preferia almoçar com Marcelo ou António Costa, Rio hesitou: “ Oh pá não me faça essa pergunta. (.,,) Depende dos temas a tratar, há coisas que não podia tratar com o Presidente da República e podia tratar com o primeiro-ministro, mais até com o líder do PS, há coisas que só podem ser feitas em Portugal se PS e PSD estiverem de acordo”, justificou o recandidato a líder do PSD.
Por fim, Rio acabou o programa a jogar 'slot cars' com a apresentadora – uma atividade de criança– e foi desafiado  a deixar uma mensagem ao adversário Luís Montenegro. Também aqui, Rio hesitou, falou em alemão a pedido da apresentadora, e respondeu: “Já tivemos um debate que, para mim, não foi uma grande coisa para o PSD, não foi muito prestigiante, é melhor não dizer mais nada do que foi dito no debate”.
Montenegro também recebeu o convite para ir ao Prograna da Cristina, mas a candidatura de Miguel Pinto Luz nas diretas do PSD “ainda não recebeu um convite formal”, apurou o i.
Na pré-campanha para as eleições legislativas tanto António Costa, primeiro-ministro e líder do PS, como Assunção Cristas, líder do CDS, estiveram no referido programa. Costa cozinhou uma cataplana de peixe e Cristas um arroz com atum. Mas, Rui Rio não foi, alegando que não o iriam ver a cozinhar em campanha.“Não me vai ver a cozinhar, porque eu estou na política e não me estou a propor para cozinheiro, mas para primeiro-ministro”, declarou numa entrevista à Antena 1. Ora, esta quarta-feira, Rui Rio não esteve na cozinha do programa, mas revelou momentos da sua vida pessoal, como a morte do irmão mais novo, com leucemia, a ida a um psicólogo (duas vezes) aos 20 anos e o divórcio dos pais quando era jovem.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×