26/1/21
 
 
Irão. 200 mil pessoas saíram à rua e sete mil foram presas, reconheceu Teerão

Irão. 200 mil pessoas saíram à rua e sete mil foram presas, reconheceu Teerão

AFP jornal i 28/11/2019 16:33

Os protestos contra o aumento dos preços do combustível terão feito 143 mortos, disse uma ONG.

Duas semanas de protestos resultaram em 200 mil pessoas nas ruas e mais de 7 mil presos – é este o saldo da crescente tensão económica e social no Irão, reconheceram os média estatais esta quarta-feira. E de acordo com a Amnistia Internacional, pelo menos 143 manifestantes foram mortos, apesar de Teerão negar. No entanto, a confirmarem-se estes números, trata-se da mais mortífera repressão governamental no país desde que foi derrotada a “Revolução Verde”, após as eleições presidenciais de 2009.

“Uma profunda, vasta e muito perigosa conspiração, em que muito dinheiro foi gasto, foi derrotada pelo povo”, declarou Ali Khamenei a representantes da Basij, uma força paramilitar que participou na repressão, segundo se lê no seu site oficial, citado pela Reuters.

O gatilho das mobilizações foi o anúncio do aumento do preço dos combustíveis até 50%, a 15 de novembro, combinado com o crescente desemprego e inflação, num país que enfrenta duras sanções por parte dos Estados Unidos, o que dificulta as importações e exportações iranianas.

Rapidamente os manifestantes passaram a exigir a demissão dos líderes iranianos. Terão sido incendiadas 731 agências bancárias, 140 instalações governamentais e quase 70 estações de serviço, de acordo com o Governo iraniano. Segundo a agência noticiosa estatal IRNA, foram detidas oito pessoas que “receberam treino financiado pela CIA”, “sob disfarce de serem cidadãos jornalistas”.

As autoridades desligaram a internet em praticamente todo o país durante uma semana e as notícias chegaram a conta-gotas ao resto do mundo. “O bloqueio da internet pelo Irão é um dos mais complexos que alguma vez monitorizámos”, escreveu na altura no Twitter Alp Toker, diretor da Netblocks, uma organização não governamental que monitoriza o acesso à internet. 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×