25/9/20
 
 
Pináculo destruído no incêndio de Notre-Dame gera discussão acesa

Pináculo destruído no incêndio de Notre-Dame gera discussão acesa

AFP Jornal i 14/11/2019 15:10

General francês mandou "calar a boca" do arquiteto responsável pela reconstrução da obra, e que defende que a reedificação se deve manter fiel à época medieval.

O general Jean-Louis Georgelin e o arquiteto Philippe Villeneuve, responsável pela reedificação Catedral de Notre-Dame, não estão de acordo quanto à reconstrução do novo pináculo, que vai substituir o que em Abril passado ficou destruído devido ao incêndio no monumento.

Por um lado, o general defende que o novo pináculo deve ser mais moderno, enquanto o arquiteto defende uma construção mais medieval. Macron, que colocou um prazo de cinco anos na reconstrução do monumento, defende uma reconstrução que se desprenda do passado e que se adapte mais ao século XXI.

Na passada quarta-feira, o assunto foi discutido na Assembleia Nacional francesa, onde o general, que faz parte da ordem Légion d'honneur, mandou calar Villeneuve. “Quanto ao arquiteto-chefe, eu já expliquei que ele devia era calar a boca”, disse o general. Mais tarde, segundo a agência de notícias AFP, Jean-Louis Georgelin acrescentou que era “preciso avançar com sabedoria para que se possa serenamente fazer a melhor escolha para Notre-Dame, Paris e o Mundo”.

A decisão final vai ser tomada em 2021, mas Villeneuve garantiu que ou restaura o pináculo de forma idêntica “ou eles fazem um pináculo contemporâneo e outra pessoa o vai restaurar”.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×