11/12/19
 
 
Cristiano Ronaldo. Fim da lua-de-mel em Itália

Cristiano Ronaldo. Fim da lua-de-mel em Itália

AFP Laura Ramires 12/11/2019 10:09

Cristiano Ronaldo atravessa a sua pior fase desde que chegou a Itália. A perda de preponderância na equipa da Juventus está a afetar o seu rendimento. No último jogo, foi substituído aos 55 minutos e abandonou o estádio... antes do apito final.

O Juventus-Milan, a contar para a 12.ª jornada da Série A, corria rápido para o final. Nas bancadas lotadas, os tiffosi da “vecchia signora” preparavam-se para festejar nova vitória e o regresso ao topo da classificação. Porém, e segundo a imprensa italiana, Cristiano Ronaldo, a grande figura do emblema de Turim, não estava lá para assistir à festa: havia já abandonado o Allianz Stadium, sem o conhecimento (e muito menos o consentimento) de responsáveis e colegas. A atitude do capitão da Selecção Nacional provocou, de imediato, reações de condenação que, com o passar das horas, têm vindo a ultrapassar as fronteiras do balneário da Juventus. E nem a explicação do treinador de que problemas físicos estiveram na origem da substituição evitou as ondas de choque que antecipam um cenário de crise.

O clima de “lua-de-mel” entre Ronaldo e o clube heptacampeão italiano parece ter terminado. Pouco mais de um ano após a sua chegada a Turim, o jogador português parece sentir que começa a perder protagonismo – situação que o levou a sair do Real Madrid no verão de 2018, depois de oito temporadas ao serviço dos “merengues”. A entrada de Maurizio Sarri para o comando técnico da Juventus (por troca com Massimiliano Allegri) retirou a Ronaldo influência na manobra ofensiva da equipa. Embora mantendo-se como primeira escolha do treinador italiano, a quebra gradual de rendimento reflete-se nos números. Nos últimos três jogos, o craque português ficou em branco, o que acontece pela primeira vez nesta época. Para agravar a situação, Sarri optou por substituir Ronaldo nos dois últimos compromissos – na visita ao Lokomotiv de Moscovo, para a Liga dos Campeões, e na receção ao Milan, para o campeonato –, uma situação invulgar e sempre encarada com insatisfação pelo jogador, ao longo de toda a sua carreira. Em ambas as ocasiões, a equipa melhorou, acabando por vencer as respetivas partidas (2-1 na capital russa, e 1-0 frente aos milaneses) com golos dos suplentes lançados por Sarri no decorrer dos jogos. Em termos práticos, é o técnico quem está a vencer o braço-de-ferro.

A ascensão de Dybala Cristiano Ronaldo nunca abdicou do estatuto de protagonista em todos os projectos desportivos que abraçou. Na Juventus não foi diferente. Logo na época de estreia em Itália, sagrou-se o melhor marcador da equipa, com 28 golos em 43 jogos. Todavia, a ascensão de Paulo Dybala, no início da sua segunda época em Turim, tem ofuscado Ronaldo. O argentino – que, num passado recente, chegou a ser dado como dispensável – tem justificado a aposta de Sarri, somando já cinco golos (três no campeonato e dois na Liga dos Campeões), todos decisivos, valendo à sua equipa três vitórias e um empate. A sua ascensão não parece estar a ser do agrado de Ronaldo que, frente ao Milan, aquando da substituição, o cumprimentou de forma muito pouco efusiva.

Reações em catadupa O mundo do futebol não tardou a reagir à atitude de Ronaldo. Foram várias as vozes a comentar o caso. A opinião mais incisiva surgiu por Fabio Capello. O conceituado técnico italiano (venceu várias vezes a Série A e uma Liga dos Campeões ao serviço do Milan, e duas ligas espanholas pelo Real Madrid) criticou duramente o jogador português, afirmando que “o facto de ele não se sentar no banco e de ter respondido mal ao Sarri não é bonito”. “É preciso ser-se um campeão até mesmo quando se é substituído e não apenas quando as coisas correm bem. A verdade é que o Ronaldo não dribla um adversário há três anos”, acusou Capello. Já Sarri tentou ver a insatisfação de Ronaldo pela positiva: “Qualquer treinador fica muito mais preocupado quando um jogador é substituído e não liga nenhuma”.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×