17/11/19
 
 
México. Crianças que desapareceram depois do ataque a carrinhas sobreviveram

México. Crianças que desapareceram depois do ataque a carrinhas sobreviveram

Facebook Jornal i 07/11/2019 20:17

Devin Langford escondeu os irmãos na montanha e percorreu 23 km sozinho para pedir ajuda.

Seis das sete crianças que escaparam ao massacre que matou, no início da semana nove, nove pessoas no México, ficaram dez horas escondidas numa montanha. Devin Langford, de 13 anos, terá escondido as crianças e percorrido 23 km para pedir ajuda.

Um familiar das vítimas, Lafe Langford explicou à CNN que os ocupantes de uma das carrinhas viram o ataque ao primeiro veículo e, percebendo que estavam em perigo “retiraram todas as crianças do veículo e disseram-lhes para fugir” após o primeiro tiroteio. Uma das crianças, com oitos anos, foi transportada pelos restantes, em turnos, depois de ter sido no maxilar e na perna.

Os irmãos de Devin Langford foram encontrados dez horas depois do ataque, já durante a noite, depois de a criança de 13 anos ter voltado ao sítio de onde os três veículos tinham partido.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×