15/12/19
 
 
França. Círculo próximo de Le Pen acusado de fraude eleitoral

França. Círculo próximo de Le Pen acusado de fraude eleitoral

AFP Jornal i 06/11/2019 20:37

Le Pen, que não enfrenta julgamento, afirmou aos juizes durante a audiência que não teve qualquer envolvimento pessoal na organização do material de campanha e que não sabia o seu custo.

Sete pessoas do círculo próximo de Marine Le Pen foram a julgamento esta quarta-feira, em Paris, por acusações de fraude durante a campanha eleitoral de 2012. São figuras centrais da antiga Frente Nacional, entretanto renomeada Assembleia Nacional. 

Em 2012, cada candidato à eleição pela Frente Nacional foi obrigado a comprar um “kit de eleição”, que incluiam posteres, folhetos e o design dos sítios da internet. Este pacote eleitoral custou 16 650 euros, perto do valor legal para reivindicar os custos eleitorais para quem tenha mais 5% no primeira ronda eleitoral.

Mas uma investigação das autoridades francesas descobriu que o custo real do material, afinal, ficava-se pelos 4 mil euros. Permitindo, assim, que o fabricante do material - o administrador é um amigo de longa data de Le Pen - arrecade largos lucros providenciados pelos fundos estatais.

A acusação também afirma que os kits não atendiam às necessidades eleitorais de todos os candidatos. Além disso, os intermediários do partido são ainda acusados de lucrar com este esquema, fazendo empréstimos aos candidatos para comprarem o pacote de material de propaganda eleitoral. 

Há ainda uma segunda investgigação centrada nas eleições de 2014 e 2015, que será analisada posteriormente em tribunal. O acusados, onde se inclui o tesoureiro do partido de extrema-direita, negam todas as acusações. O partido Le Pen argumenta que esta acusação é a prova de que o sistema judicial francês é hóstil à Assembleia Nacional. O advogado da formação de extrema-direita afirmou que iria lutar contra estas “acusações caluniosas”, diz o Guardian. 

Le Pen, que não enfrenta julgamento, afirmou aos juizes durante a audiência que não teve qualquer envolvimento pessoal na organização do material de campanha e que não sabia o seu custo, segundo o jornal britânico.

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×