29/3/20
 
 
Rosário Teixeira sobre Sócrates. “O senhor engenheiro diz o que quiser sobre essas coisas. E, no fim, a gente faz contas”

Rosário Teixeira sobre Sócrates. “O senhor engenheiro diz o que quiser sobre essas coisas. E, no fim, a gente faz contas”

João Porfírio Carlos Diogo Santos 29/10/2019 14:30

À entrada do tribunal Central de Instrução Criminal o procurador que liderou o processo preferiu não comentar as respostas do ex-primeiro-ministro em interrogatório. José Sócrates disse hoje estar “bem disposto”, antes de entrar para a sala onde vai ser interrogado por Ivo Rosa.

O procurador que liderou a investigação do caso Marquês, Rosário Teixeira, chegou cerca das 14h ao Tribunal Central de Instrução Criminal. Apesar de não querer comentar as diligências que aconteceram ontem, quando confrontado com as críticas que José Sócrates fizera ontem à acusação do Ministério Público, Rosário Teixeira afirmou: “O senhor engenheiro diz o que quiser sobre essas coisas. E, no fim, a gente faz contas”.

Recorde-se que José Sócrates continuará hoje a ser ouvido pelo juiz Ivo Rosa. No dia de hoje em cima da mesa estarão os pagamentos de Carlos Santos Silva ao ex-primeiro-ministro. No dia de ontem José Sócrates respondeu a questões relativas à OPA da Sonae à PT e às alegadas luvas recebidas do Grupo Espírito Santo.

Hoje, à entrada do tribunal, José Sócrates disse estar “bem disposto”, questionando o porqu~e de a comunicação social ainda estar à porta do tribunal. Com um sorriso na cara, o ex-primeiro ministro disse aos jornalistas que estavam com “as fontes desorientadas”.

José Sócrates está acusado de crimes de corrupção passiva de titular de cargo político (três crimes), branqueamento de capitais (16 crimes), falsificação de documento (nove crimes) e fraude fiscal qualificada (três crimes).

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×