21/11/19
 
 
Rui Lages desmente ciclista e diz ter sido agredido pelo desportista

Rui Lages desmente ciclista e diz ter sido agredido pelo desportista

Joaquim Gomes Joaquim Gomes 22/10/2019 20:21

O ciclista colocou nas redes sociais ter sido alvo de tentativas de agressão, no centro da cidade de Braga, pelo corredor.

O piloto Rui Lages afirmou ter sido ele próprio o agredido em Braga por um ciclista que colocou nas redes sociais ter sido alvo de tentativas de agressão, no centro da cidade, pelo corredor, ao princípio da noite desta segunda-feira.

Rui Lages, que já tinha desmentido ao i a autoria de qualquer agressão, no dia de hoje esclareceu desde logo que “eu não fugi depois da situação com o jovem, aliás, fui à Esquadra de Trânsito da PSP de Braga manifestar todas a minha disponibilidade, para qualquer tipo de dúvida ou de esclarecimento”.

Segundo o mesmo piloto, referindo-se à altercação de trânsito, ocorrida num perímetro entre as Escolas Secundárias Dona Maria II e Carlos Amarante, em Braga, “eu nunca persegui ninguém, muito menis agredi alguém, fui eu o agredido por esse mesmo senhor, ainda na Rua 25 de Abril, em frente da loja do Continente, após ter colocado a bicicleta na minha frente, o que foi presenciado por outras pessoas, que também não conseguiam sair do local”.

“Fui provocado enquanto não surgia o sinal verde dos semáforos da Rua 25 de Abril com a Avenida 31 de Janeiro, verificando-se uma troca de palavras, já no gaveto da Rua da Restauração, logo a seguir à confeitaria Sabiá, perto da Escola Carlos Amarante”, acrescentou Rui Lages sobre o acontecimento.

“O jovem estava sempre a barafustar comigo, a dizer que eu não podia estar a falar ao telefone, enquanto eu dizia que ele não era nenhum polícia, só que ele insistia, ocasião em que me airou para o chão e depois me agrediu”, ainda segundo a versão do caso, apresentada esta terça-feira pelo piloto Rui Lages.

De acordo com as declarações de Rui Lages, “o jovem magoou-se porque escorregou no passeio do Sábia com medo não sei de quê, porque eu não lhe toquei sequer”, acrescentou Rui Lages, destacando que “se houve uma vítima no meio de tudo isso fui eu e não esse jovem, a quem me limitei a responder à letra, nunca tendo havido da minha parte qualquer violenta para com ele, em termos físicos, mas só uma troca de palavras mais azeda que ele causou”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×