21/10/19
 
 
Ricardo Araújo Pereira critica André Ventura e a direção do Benfica

Ricardo Araújo Pereira critica André Ventura e a direção do Benfica

Raquel Wise 12/10/2019 12:39

Humorista assinou uma carta aberta onde pedia que os encarnados se demarcassem do recém-deputado eleito pelo partido Chega

Ricardo Araújo Pereira explicou esta sexta-feira, na sua participação no programa "Governo Sombra", da TVI24, o porquê de ter assinado uma carta aberta a pedir à direção do Benfica que se demarque de André Ventura, recém deputado eleito pelo partido Chega. No entender do humorista (assumido benfiquista e militante de esquerda), Ventura "usa claramente o símbolo do Benfica para promoção pessoal".

"Aquilo que eu espero é que Luís Filipe Vieira faça alguma coisa. Mas antes disso, eu sou contra falar de André Ventura. Há uma histeria injustificada com André Ventura, não por ele ser uma pessoa muito sensata, que não é - é ao contrário -, mas porque ele não vale isso. E vale uma carta aberta porquê? Para já porque é um assunto importante, porque é do Benfica que se trata. Quando me ligaram a perguntar se dava o meu nome à carta, eu respondi logo que sim. Entretanto os sonsinhos fizeram críticas a essa carta aberta, porque dizem assim: mas então o Benfica tem alguma coisa a ver com isto? Tem, claro que tem. Só uma pessoa muito ingénua ou muito distraída é que não sabe que nenhum destes comentadores, que está nos painéis destes programas, o faz sem a aprovação ou até o apoio dos clubes", começou por dizer Ricardo Araújo Pereira.

Apelidando André Ventura de "maior dos 'snow-flakes' - "É aliás exatamente como o Donald Trump: qualquer crítica que se lhe faça, ele aproveita para se vitimizar" -, o humorista lembra que o líder do Chega "foi mandatário da candidatura de Luís Filipe Vieira". "Não me surpreendeu que o Benfica tenha ignorado a carta aberta, porque a fazer uma demarcação em relação a uma pessoa que usa claramente o símbolo do Benfica para promoção pessoal, já o teria feito. Acho também que a justificação que apresentaram não faz sentido. O que o Benfica diz é que não discrimina nenhum sócio de acordo com a sua orientação política. Nem tem de discriminar. O que estamos a dizer é que o Benfica não tem de respaldar, e deve demarcar-se, de alguém que está a fazer isto", salientou.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×