24/10/19
 
 
PSD. Montenegro avança para a liderança e desafia Rio também a ir votos nas diretas

PSD. Montenegro avança para a liderança e desafia Rio também a ir votos nas diretas

José Sérgio jornal i 09/10/2019 21:16

O antigo líder parlamentar do PSD começou por dizer que o resultado de 27,90 por cento foi o pior em 36 anos 

 

O antigo líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, entrou hoje em campo para a corrida eleitoral interna do partido. Em entrevista à SIC foi muito claro: “Serei candidato nas próximas eleições diretas por uma questão de coerência e de convicção e já agora gostava muito que o Dr. Rui Rio fosse também candidato”.

Nove meses depois de ter recuado após a derrota num conselho nacional contra Rui Rio, Montenegro considerou que as eleições diretas (previstas para janeiro de 2020) podem ser um momento de clarificação, daí a utilidade também de uma corrida interna com Rio. O antigo líder parlamentar do PSD começou por dizer que o resultado de 27,90 por cento foi o pior em 36 anos e defende que os sociais-democratas devem ter mais ambição. Prometeu lutar por um “PSD grande” e não esqueceu que Rio “quebrou um ciclo de vitórias”.  “ O PSD transformou-se num partido subalterno do PS. É preciso dizer basta”, atirou.

O ex-dirigente foi ainda confrontado com o facto de ser arguido no caso das viagens ao Euro 2016. Nesse ponto, Montenegro disse estar de consciência tranquila.“Tenho a certeza absoluta que não cometi qualquer crime”, assegurou, lembrando que pagou as despesas quando foi ao Euro 2016.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×