18/10/19
 
 
Acordo de Paris tem assinatura russa a partir desta segunda-feira

Acordo de Paris tem assinatura russa a partir desta segunda-feira

Instagram Jornal i 23/09/2019 17:20

Antes de a Cimeira da Ação Climática, em Nova Iorque, começar, o Acordo de Paris ganhou mais uma assinatura. A Rússia compromete-se, a partir desta segunda-feira, a reduzir os gases com efeito de estufa.

A partir desta segunda-feira a Rússia adere definitivamente ao Acordo de Paris. No dia em que acontece, em Nova Iorque, a Cimeira da Ação Climática, a Rússia compromete-se a reduzir a emissão de gases com efeito de estufa.

O anúncio foi feito na página oficial do Governo antes de a cimeira começar, na sede das Nações Unidas, onde se reuniram líderes mundiais dos 193 Estados-membros. A nota acrescenta que “de acordo com a legislação russa o compromisso da Rússia é confirmado pela resolução que acabou de assinar”, não tendo o país a obrigação de provar que, de facto, está a reduzir a emissão de gases que provoquem o efeito de estufa.

A decisão será anunciada à ONU “dentro de algumas horas”, segundo adiantou esta segunda-feira uma fonte governamental citada pela agência France Presse (AFP).

O primeiro ministro russo, Dmitri Medveded, deu assim “o último passo” para adotar o Acordo de Paris, segundo a mesma fonte. A resolução tomada pelo Governo e assinada por Medveded, já foi saudada pela Greenpeace Rússia, que num comunicado afirmou que o país tem “um enorme potencial para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×