14/10/19
 
 
Pegada ecológica. Mudar o mundo não é difícil e está nas nossas mãos

Pegada ecológica. Mudar o mundo não é difícil e está nas nossas mãos

Daniela Soares Ferreira 23/09/2019 16:20

Não podemos pensar que, de repente, conseguimos mudar o mundo. Mas a verdade é que há pequenos passos que podemos dar para o tornar um pouco melhor. Quantos planetas seriam necessários para manter o nosso estilo de vida? A pegada ecológica representa a marca deixada pelos nossos hábitos no planeta Terra. E quanto piores são esses hábitos, maior é a pegada. É preciso reduzi-la e, por isso, deixamos-lhe algumas dicas simples.

Reciclar

Esta é fácil e não custa nada. Reciclar papel, alumínio, plástico, vidro, ferro, borracha, entre outros, é importante, até porque, como é do conhecimento comum, dá aos materiais o destino que devem ter. Mas reciclagem não é apenas colocar os produtos no ecoponto correto. Usar objetos que já não utiliza e dar-lhes outro fim útil é também uma forma de reciclar. Comprar objetos feitos de produtos reciclados também o ajuda a contribuir para a diminuição da pegada ecológica.

Desligar luzes e aparelhos

Não tenha luzes acesas desnecessariamente. A dica é da Quercus, que recomenda a diminuição do consumo ou poupar energia com pequenos gestos, como desligar as luzes quando não são necessárias, ou o stand-by dos aparelhos, que podem fazer a diferença. Lembre-se que o excesso de hábitos consumistas é um dos fatores que mais contribuem para o esgotamento das reservas naturais do planeta.

Comprar produtos biológicos

Quando vai às compras, opte por comprar alimentos cultivados sem pesticidas. Compre produtos locais e prefira produtos da época porque, à partida, terão menos químicos. A diferença é que os produtos locais fazem uma viagem menor até sua casa e, por isso, vão estar mais frescos quando quiser utilizá-los. Além disso, o combustível usado para os transportar também será bem menor.

Comer menos carne

Não precisamos de chegar ao extremo e tirar qualquer alimento da nossa alimentação, mas podemos reduzir o consumo de alguns produtos, como a carne, uma vez que muitos dos gases de efeito de estufa são gerados pela sua produção massiva. O que queremos dizer é que não precisa de adotar uma alimentação vegan ou vegetariana. Mas se for alternando as suas refeições e diminuindo o consumo de carne ou peixe, já está a dar uma grande contribuição para reduzir a sua pegada ecológica.

Evitar sacos de plástico

E quando falamos em sacos de plástico queremos também dizer palhinhas, cotonetes, talheres e pratos take away... Enfim, reduza o consumo de plástico.

Se quiser ir às compras, tenha dentro da mala ou no bolso um saco de pano. E, quanto ao resto, hoje em dia, o mercado já se desenvolveu o bastante para apresentar medidas alternativas ao plástico em quase todas as áreas. Se preferir continuar a usar plástico nalguns produtos, já sabe: recicle.

Diminuir o consumo de água

A água é um dos bens mais preciosos para a vida, não precisamos de lho dizer. Mas muitas vezes, inconscientemente, gastamos muito mais água do que aquela de que precisamos – no banho, a lavar os dentes ou a louça, nas descargas do autoclismo. Não deixe a torneira aberta quando lava os dentes ou a louça, reduza a quantidade de água das descargas ou tome duches em vez de banhos. Parece pouco, mas fará uma diferença gigante na sua pegada ecológica.

Utilizar lâmpadas LED

Às vezes poupar luz não é assim tão fácil, principalmente se precisamos dela para trabalhar. Mas é fácil mudar: basta optar por luzes LED para conseguir reduzir a pegada ambiental. E não é só assim que pode poupar: se tiver de comprar eletrodomésticos, opte pelas classes energéticas A, A+ ou A++. Estas classes são mais eficientes e contribuem para a redução do consumo de energia e para um ambiente melhor.

Evitar desperdício alimentar

Muitas vezes, fazemos tanta comida a mais que acaba por ir para o lixo. Em vez de desperdiçar, opte por aproveitar os chamados restos para fazer novas refeições, uma omelete, por exemplo. Fácil, rápido e maravilho. Além disso, faça uma lista antes de ir ao supermercado. Acabamos sempre por trazer coisas que não queremos e, com a lista, já sabe exatamente do que precisa.

Transportes públicos

Se puder andar a pé, numa trotinete ou numa bicicleta, perfeito. Mas se não puder, use os transportes públicos. Todos sabemos que é muito importante reduzir as emissões de gases poluentes para a atmosfera. E agora não tem desculpa: os novos passes sociais são um bom incentivo, com preços bastante acessíveis. Se precisar mesmo de usar o carro e se tiver essa opção, escolha um elétrico.

Atenção ao telemóvel

Se é daquelas pessoas que adora as novas tecnologias e gosta de trocar de telemóvel várias vezes, saiba que está a prejudicar o ambiente. Segundo um estudo divulgado recentemente pelo European Environmental Bureau, de que a associação ambiental Zero faz parte, aumentar a vida útil dos smartphones e de outros dispositivos eletrónicos em apenas um ano economizaria à União Europeia tantas emissões de carbono como retirar dois milhões de carros das estradas anualmente.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×