14/10/19
 
 
Sporting. Acionistas exigem retirada da proposta de aumento de Varandas

Sporting. Acionistas exigem retirada da proposta de aumento de Varandas

21/09/2019 19:30

Grupo constituído por nove associados considera haver um claro conflito de interesses, dado que o presidente do clube é também o líder da SAD

Um grupo de nove acionistas da SAD do Sporting entregou uma carta ao presidente da Mesa da Assembleia-Geral dos leões, Bernardo Ayala, a pedir a retirada da agenda da próxima AG da proposta de aumento salarial para presidente e administradores da sociedade leonina.

O grupo que assina o documento - do qual faz parte, por exemplo, Bruno Mascarenhas, vogal da direção de Bruno de Carvalho - justifica o pedido com a necessidade da proposta de aumento salarial exigir a aprovação prévia dos sócios do clube, que detêm 60 por cento da SAD. Em causa está o facto de o presidente do Sporting clube, Frederico Varandas, e de os membros da direção do clube, Francisco Salgado Zenha e João Sampaio, poderem decidir sobre as remunerações dos administradores da SAD... que são precisamente Varandas, Salgado Zenha e Sampaio (além de Miguel Cal).

"Independentemente da legalidade ou não da proposta, o mais basilar bom senso aconselharia à escusa de Frederico Varandas, Francisco Salgado Zenha e João Sampaio de se pronunciarem sobre esta matéria por claro conflito de interesses. Por ética e sobretudo por dignidade não é possível ser juiz em causa própria", pode ler-se na missiva do grupo, que considera ainda que "a preocupante situação da Sporting SAD, que apresenta uma vez mais elevados resultados negativos, capitais próprios negativos e o maior passivo da história da sociedade, não justifica aumentos potenciais (fixos e variáveis) de 45 por cento".

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×