14/10/19
 
 
Instrutor de surf confessa em tribunal que matou colega

Instrutor de surf confessa em tribunal que matou colega

Dreamstime Jornal i 20/09/2019 18:59

Arguido e vítima conheciam-se há oito anos

João Moura Pinto, o instrutor de surf de 31 anos acusado do homicídio de um colega de trabalho em julho do ano passado, numa praia do concelho da Lourinhã, confessou o crime, esta quinta-feira, no Tribunal de Loures.

Segundo o Correio da Manhã, o arguido admitiu ter saído do carro com uma faca e de ter transportado a vítima, Tiago Martins, de 35 anos, até às Urgências do Hospital de Peniche, depois de o golpear no peito.

Recorde-se que, de acordo com a acusação do Ministério Público (MP), João Moura Pinto conhecia a vítima há oito anos, mas encontravam-se desavindos, sendo que já tinham ocorridos agressões entre ambos.

No dia 10 de julho de 2018, os instrutores de surf combinaram por telefone encontrar-se no parque de estacionamento da praia de Paimogo.

No local, o arguido saiu do carro empunhando uma faca e dirigiu-se ao veículo de Tiago Martins. Ambos trocaram palavras e agrediram-se mutuamente. A dada altura, João Moura Pinto esfaqueou a vítima no peito.

Segundo a acusação, a vítima fugiu, mas enquanto era perseguida pelo homicida acabou por cair. Foi depois colocada no banco de trás da viatura e transportada à urgência de Peniche do Centro Hospitalar do Oeste pelo arguido. Depois de manobras de reanimação no hospital, a vítima acabou por morrer.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×