21/10/19
 
 
Mãe que levou o filho de uma instituição em Almada acusada de rapto

Mãe que levou o filho de uma instituição em Almada acusada de rapto

Dreamstime 20/09/2019 17:08

A criança foi encontrada cerca de 11 horas depois de ter sido comunicado o desaparecimento às autoridades de Almada, que de imediato começaram a procurar a mãe.

A mulher que raptou, durante a tarde de terça-feira, o filho, levando-o da instituição onde estava, foi esta sexta-feira presente ao Tribunal de Almada, para que as medidas de coação adequadas lhe fossem aplicadas.

O Tribunal aplicou Termo de Identidade e Residência à mulher, que agora está indiciada pelo crime de rapto, tendo de se apresentar quinzenalmente às autoridades. A mulher, toxicodependente, ficou ainda proibida de entrar em contacto com o filho, ou com qualquer pessoa ligada à instituição de onde o levou, em Almada.

Em março deste ano tinha sido aplicada à criança uma medida de confiança judicial com vista a futura adoção. Agora, tanto a mãe como o pai estão inibidos do exercício das responsabilidades parentais.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×